Você é a favor do uso da tecnologia no futebol?

Resultado de imagem para tecnologia video mundial interclubes
A  vitória de 3 a 0 do Kashima Antlers sobre o Atlético Nacional na semifinal do Mundial de Clubes começou com um lance polêmico. 

Na primeira vez em que foi utilizado em uma competição oficial da Fifa, o árbitro assistentiu um vídeo - VAR, a sigla em inglês - teve participação decisiva no primeiro gol do campeão japonês. 

Decisiva e contestável, porque foi marcado pênalti para o Kashima num lance em que um jogador do time japonês estava impedido, o que, portanto, invalidaria a marcação da penalidade máxima. 

 O VAR não pode ser usado para apontar impedimento. Mas pênalti, sim. Em seu site, a Fifa informou que  o arbitro somente poderá utilizar o recurso do vídeo  na marcação ou anulação de pênaltis, lances de gol, expulsões diretas ou na identificação de jogadores em infrações (agressões, por exemplo). 
Lances de impedimento, portanto, não estão na lista de ocorrências.

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"