Pular para o conteúdo principal

R7 - Veterano Magno Alves retorna ao Ceará para atuar em 2017

Resultado de imagem para magno alves

Décimo colocado na Série B de 2016, o Ceará anunciou um velho conhecido da torcida nesta sexta-feira (23). O experiente atacante Magno Alves está de voltar ao clube após dois anos. Reserva do Fluminense, o jogador de 40 anos volta para disputar a Copa do Nordeste, o Campeonato Cearense, Copa do Brasil e brigar pelo acesso a elite do futebol brasileiro. Esta será a terceira passagem do “Magnata” pelo alvinegro cearense. 

O centroavante já balançou as redes por 93 oportunidades e conquistou dois estaduais e a Copa do Nordeste de 2015. Feliz pelo retorno, Magno Alves agradeceu o carinho da torcida. “O bom filho à casa torna. Muito feliz com esse retorno ao Ceará. 

Vou dar o máximo de mim, como sempre, para que este ano seja muito especial. Obrigado por todo carinho dessa torcida que sempre me abraçou”, declarou. Além do veterano, o Ceará também já anunciou os volantes Diones, ex Joinville e Matheus Trindade, ex-Flamengo, e o atacante Douglas Baggio, também ex-atleta do Rubro-negro carioca.
Revamp_esportes

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.