Pular para o conteúdo principal

LANCENET: Arena Corinthians divulga balanço: mais de 50 mil visitantes em eventos

LANCE! 28/12/2016 08:00 São Paulo (SP) 
Resultado de imagem para arena corinthians
O Corinthians divulgou um balanço dos eventos realizados na Arena em 2016 e comemorou os resultados obtidos. Segundo o clube, mais de 50 mil pessoas estiveram no local acompanhando diferentes atrações, como shows, palestras, convenções, formaturas e atividades corporativas. De acordo com a nota do Timão, o espaço foi locado em mais de 100 datas ao longo do ano, sem contar com jogos de futebol. 

Os clientes foram empresas de diferentes segmentos, dentre elas Honda Motos, Hinode, Fundação Itaú, Patroni, ESPN, Auto Fácil, Unicastelo, Rádio e TV Bandeirantes, Trevisan, Jump Eventos, Tupperware, Colégio Olivetano e Boutique Filmes. Vale lembrar que o Corinthians não realiza shows na parte interna da Arena. Contudo, o clube tem buscado interessados em realizar concertos musicais no estacionamento do local, como foi o Festival Sons na Rua. O evento reuniu astros do rap nacional, como Criolo, Emicida e Rael, e atraiu mais de 15 mil pessoas. 

 A casa alvinegra em Itaquera também abrigou gravações televisivas. Foram filmadas no estádio cenas da série "3%" da Netflix e também o reality show "The X Factor Brasil", da TV Bandeirantes. Segundo o Corinthians, "praticamente todos os espaços da Arena Corinthians foram utilizados para realização de ações ao longo deste período, como o Camarote Festa, Salas de Convenções, Auditório, Estacionamento e o Átrio do setor Oeste". - Sem dúvida, o mercado já reconheceu a Arena Corinthians como uma excelente plataforma de experiência, não apenas para eventos esportivos, mas sociais e corporativos. 

Quem ainda não conhece o estádio se surpreende quando faz uma visita prévia para locação e entende que nossos espaços podem agregar muito valor aos eventos promovidos por eles - comentou Rita La Rocca, gerente de eventos da Arena Corinthians. A exploração comercial do estádio em dias em que não há jogos é uma das prioridades do Timão para ampliar as receitas de sua casa. Somente com venda de ingressos e locação de camarotes não é possível quitar o financiamento da obra. 

PUBLICADO POR LANCENET
Resultado de imagem para LANCENET

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.