Pular para o conteúdo principal

EFE : Chapecoense recebe Copa Sul-Americana e compartilha com Atlético Nacional

Resultado de imagem para CHAPECOENSE TROFEU SUL AMERICANA
O presidente da Chapecoense, Plínio David De Nes Filho, recebeu na quarta-feira, visivelmente emocionado, o troféu de campeão da Copa Sul-Americana outorgado à equipe, que perdeu 19 membros de seu elenco, direção e corpo técnico no dia 28 de novembro em um acidente aéreo na Colômbia. Com a voz embargada, Plínio pediu que o troféu de campeão pudesse "ser dividido" para compartilhá-lo com o Atlético Nacional da Colômbia, e convidou Daniel Jiménez, representante do clube, a subir ao palco e levantar a taça juntos. 
Resultado de imagem para CHAPECOENSE TROFEU SUL AMERICANA
 "Esta noite eu gostaria de agradecer a todos, todas as nações, mas me permito de uma forma muito especial, carinhosa e agradecida em nome de nosso clube, de nossa cidade, de dividir o troféu com o Atlético Nacional, por seu gesto", disse Plínio. 

 O presidente da Chapecoense se referia ao pedido do time colombiano à Conmebol no dia seguinte ao acidente para que premiasse sua equipe como campeã da Sul-Americana, cuja partida de ida ia ser jogada em Medellín quando ocorreu o acidente aéreo. Além disso, Plínio colocou em Jiménez um cachecol da Chapecoense para em seguida se abraçarem sob os aplausos dos presentes. Plínio recebeu a taça durante o sorteio para a Taça Libertadores 2017 realizado em Luque, em Assunção, das mãos do presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez. 

 "Devo admitir que tenho um pesar na alma quando lembro que alguns dias atrás a família do futebol esteve de luto", disse Domínguez em relação ao acidente do voo no qual viajava o time da Chapecoense, um acidente que matou 71 pessoas. 

 Domínguez disse que apesar do futebol ser habitualmente rivalidade, a tragédia aérea da Colômbia serviu para demonstrar que também é "uma força integradora". Nos aproxima, nos une e nos dá paz, e nos apresenta o melhor de nós". A equipe voava em um avião fretado da empresa de bandeira boliviana Lamia, que caiu pouco antes de chegar ao aeroporto de Medellín.
Resultado de imagem para agencia efe logo

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol e a salsicha

Dia destes numa fila qualquer ouví um dizer: "Perdí as esperanças no futebol depois da final da Copa da França em 1998. 
 Logo pensei : 

" Se Imaginássemos como são feitos o futebol e a salsicha jamais consumiriamos essas "guloseimas"

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

07/08/2016 22:05 A seleção brasileira masculina de hóquei sobre grama disputou o seu segundo compromisso no torneio dos Jogos Olímpicos Rio 2016 neste domingo, 8 de agosto, no Centro Olímpico de Hóquei, no Complexo de Deodoro. Ao enfrentar a forte Bélgica, a seleção brasileira foi derrotada pelo placar de 12 a 0. O Brasil passou a somar duas derrotas em duas partidas, já que perdeu na estreia para a Espanha por 5 a 0. Na próxima rodada, terça-feira, 9 de agosto, os brasileiros voltam a campo para encarar a Grã-Bretanha. Encarando um time muito competitivo, os atletas brasileiros conseguiram manter o jogo equilibrado até o fim do primeiro quarto – de um total de quatro quartos, de 15 minutos cada –, quando a Bélgica marcou seus dois primeiros gols. A partir daí, a equipe brasileira sucumbiu à superioridade belga, ameaçando o gol adversário apenas em lances esporádicos. Com o domínio absoluto da partida, a Bélgica foi ampliando até chegar ao placar final de 12 a 0. "Pela primeira vez …

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)