Corinthians aposta na base com Carille

Resultado de imagem para corinthians
São Paulo - Sem dinheiro para grandes investimentos, o Corinthians quer contornar a condição financeira revelando jogadores e aproveitando melhor os garotos da base. Uma nova e talentosa geração vem pela frente, algo que poderá render frutos em pouco tempo para o time principal. Por isso, a comissão técnica olhará com bastante atenção para a Copa São Paulo de Futebol Júnior. 

A escolha por Fábio Carille como técnico, dentre outros fatores, teve como ingrediente a sua capacidade para trabalhar com os garotos. Os escolhidos dependerão da avaliação do treinador, mas alguns nomes já começam a ser comentados. 

Casos, por exemplo, dos meias Mantuan e Fabrício Oya e do atacante Pedrinho. "A experiência que tive no profissional me ajudou muito. Bom saber que o técnico tem uma mente aberta para usar a base e esperamos aproveitar a Copinha para mostrar nosso valor", afirmou o meia, capitão da equipe que estreará no torneio dia 4 de janeiro contra o Pinheiro-MA, em Taubaté (SP). 

 A Copa São Paulo acaba sendo uma oportunidade para os meninos se mostrarem não só para Fábio Carille como também para os torcedores. O atacante Pedrinho, por exemplo, aparece como um dos favoritos a cair nas graças da torcida, já que se destaca pela velocidade, agilidade e coragem em campo. "Sempre pensando na equipe, mas se der para dar um drible e fazer algo diferente, a gente usa esse artifício", contou o garoto, de 18 anos. 

 PERUANO 

 O atacante peruano Jefferson Farfán, de 32 anos, pode chegar ao Corinthians em breve. O jogador, que está sem clube desde outubro, recebeu várias propostas nas últimas semanas, mas a que mais interessou foi a do clube brasileiro, de acordo com o site Líbero, do Peru. De acordo com o site, o jogador, que deixou o Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, em outubro, tem sido procurado por diversos clubes e teve como melhor oferta a do Corinthians. Ele recentemente foi comentado no Cruzeiro e no Flamengo, que usaria o centroavante Paolo Guerrero para ajudar a convencer o atleta a aceitar a proposta. O Sevilla, da Espanha, fez uma consulta pelo jogador, mas não chegou a formalizar uma oferta. Apesar dos interesses e das ofertas de clubes brasileiros, Farfán prioriza o retorno ao futebol europeu.

 Daniel Batista Agência Estado

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"