BAND : Palmeiras tem acordo com Guerra, diz presidente do Nacional

Do Estadão Conteúdo | esportes@band.com.br 
Resultado de imagem para palmeiras
O Palmeiras deverá ser mesmo o destino do meia Alejandro Guerra. O presidente do Atlético Nacional, Juan Carlos de la Cuesta, revelou em entrevista à versão colombiana do diário esportivo AS que o clube paulista chegou a um acordo prévio para se reforçar com o jogador venezuelano de 31 anos, embora tenha garantido que a sua intenção era mantê-lo no elenco em 2017. "Queríamos continuar com ele, que continuasse em nossas fileiras assim que representa o nível do futebol e como ser humano, mas existem exigências do futebol internacional. 

Não há nada oficialmente fechado, mas tem um pré-contrato com o Palmeiras do Brasil", afirmou o dirigente. O presidente do Atlético Nacional também explicou que uma definição sobre a situação de Guerra deve ocorrer nos próximos dias. "Esperamos que ao longo dos próximos dias essa operação comece a ser fechada. Ela não está 100% concluída. 


Nós não sabemos se está fechada ou não, mas existem bases e um grande avanço nesta negociação", acrescentou o presidente do atual campeão da Copa Libertadores. Guerra, aliás, foi um dos destaques da campanha do time colombiano, o que despertou o interesse de clubes brasileiros, como o Santos. Embora tenha admitido que as negociações com o Palmeiras estão avançadas, De la Cuesta não relatou à imprensa os valores envolvidos na transação. 

 Atual campeão brasileiro, o Palmeiras já acertou as contratações dos meias Hyoran e Raphael Veiga e do atacante Keno para a próxima temporada, quando será dirigido por Eduardo Baptista. Agora, portanto, a expectativa é para o anúncio da chegada de Guerra.

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"