Pular para o conteúdo principal

1970 : BRASIL 1X0 INGLATERRA

Resultado de imagem para brasil 1x0 inglaterra 1970
VIDEOS

V1



                                                 V2

Ladies &Gentlemen 
Resultado de imagem para COPA 1970 LOGO
Qual o maior jogo de um Mundial"?"

 É uma questão ao mesmo tempo fácil e difícil. Fácil porque o jogo é óbvio: Inglaterra e Brasil no México em 1970. Difícil porque, apesar de nossa clara superioridade de campeões mundiais, perdemos. Isso nos levou a enfrentar, na etapa seguinte, os alemães, que tinham esperado quatro anos para se vingar da derrota da final de 1966. Abrimos contra os alemães 2 a 0, mas você sabe a determinação germânica quando se trata de vingança. Eles empataram um jogo perdido e, na prorrogação, nos eliminaram. Mas o grande jogo, mesmo, foi contra o Brasil, que se tornaria tricampeão. 

 Nosso time era monumental: Bobby Moore na defesa, Bobby Charlton na armação. Banks, o maior goleiro da história, no gol. Fomos para cima do Brasil. Não tínhamos medo de ninguém, mesmo que o adversário tivesse jogadores como Pelé, Rivelino, Gerson e Jairzinho. Felix, o goleiro, fez um milagre ao defender uma cabeçada mortífera, desferida a um palmo dele por Francis Lee. 


Não foi ele que pegou a bola. Foi a bola que o pegou. Um azar absurdo para nossa seleção. O juiz contribuiu para o Brasil. O capitão brasileiro fez uma falta assassina em nosso atacante, para revidar uma entrada em Pelé. 

 O juiz não tê-lo expulsado imediatamente é uma das maiores vergonhas da história dos Mundiais. Tudo teria mudado ali. E depois, para culminar uma tarde trágica para nossas cores, Tostão começou a girar em torno de si próprio como se fosse um pião insano. Alguns mais ingênuos acham que foi intencional, mas a verdade é que ele simplesmente estava desgovernado e iria terminar no chão, de tanto girar, se não passasse a bola para onde desse. 


 O problema é que a bola foi parar em Pelé. Ele esticou para Jairzinho e o resto todos sabemos. Ladies & Gentlemen: aquela foi a final antecipada da Copa. Foi o jogo entre os jogos, o duelo entre os duelos. As duas maiores seleções daquela era se enfrentaram como num desafio de fim de tarde naqueles velhos filmes de faroeste.
Resultado de imagem para dcm logo

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.