Valendo o acesso, técnico cobra poder de decisão e inspiração do Londrina

Resultado de imagem para tencati londrina
Os dois últimos empates seguidos na Série B, contra Criciúma e Paysandu, e a queda nas chances matemáticas de conquistar uma vaga na elite do futebol brasileiro deixaram o Londrina em alerta. 
Resultado de imagem para tencati londrina
Faltando quatro jogos para o fim do campeonato, o técnico Claudio Tencati adotou o tom de cobrança ao elenco alviceleste. Na briga por um lugar na primeira divisão, o comandante cobrou publicamente alguns jogadores do elenco, exigindo maior inspiração. Dono da melhor defesa do campeonato, o Tubarão atualmente tem 27% de possibilidade de conseguir o acesso, segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia. - Estamos sempre cutucando um ou outro para ter inspiração nessa reta final, um "boom". A gente vê isso no Rondinelly, que tem qualidade para isso. É um jogador que tem virtude, ele é um dos temos cutucado. 


O Zé Rafael também, é um grande jogador e nesses últimos jogos apareceu (chance) para ele ser decisivo e não foi. Mas a gente sabe da sua capacidade, assim como o Jô, que fez uma brilhante Série B conosco e nessa reta final tem que aparecer. Eles tiveram oportunidades bem claras nos últimos jogos, mas vamos dar moral e passar confiança - disse em entrevista coletiva à imprensa. Atualmente, o Tubarão tem o sexto pior ataque da Série B, com 34 gols marcados, ao lado do Brasil de Pelotas, atrás de Tupi (30), Oeste (29), Bragantino e Sampaio Corrêa (26) e Joinville (21). O comandante explica que não tem faltado ousadia ao time, que tem atuado até com três atacantes. - No último jogo nós terminamos com três atacantes, o Safira, o Jô e o Batata, e apenas o Germano (no meio). Não vejo para onde correr muito daquilo que a gente tem feito, com três meias e dois atacantes, ou três atacantes em alguns momentos. 


Chegamos em uma fase onde sabemos quem é quem no nosso time, o que cada um pode fazer, quem está em um melhor momento - explicou. Com discurso firme, Tencati ainda cobrou um melhor aproveitamento no poder de decisão dos jogadores de frente, usando como exemplo a atuação diante do Paysandu, na última rodada, quando o time ficou no 0 a 0 jogando em casa. 

- O que está faltando é esse aumento da produção desse pessoal do lado, o Jô, o Zé Rafael, o Felipe, a chegada do Anderson... esse pessoal tem que apertar, definir mais, ter um melhor aproveitamento dos chutes.
Resultado de imagem para globo esporte.com

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"