Pular para o conteúdo principal

UOL - 4x0 Ricardo Gomes diz que goleada vira referência e devolve moral ao São Paulo

Resultado de imagem para SPFC




Ricardo Gomes estava bem mais leve na entrevista coletiva no Estádio do Morumbi. Satisfeito com a goleada aplicada pelo São Paulo ao Corinthians na noite deste sábado, o treinador fez questão de elogiar a postura do time, disse que o desempenho vira uma referência para as próximas partidas e ainda comemorou a devolução da moral ao grupo. "Não pedi nada demais ao jogadores. Pedi o de sempre. 
O jogo já era extraordinário, um clássico, era a chance de recuperar a nossa moral. Nós precisávamos disso, futebol é um jogo de moral, e nós a recuperamos. Realizamos uma partida com pouquíssimas falhas", disse o treinador na sala de imprensa do Morumbi. 

Ricardo Gomes gostou tanto do desempenho de seu time, que admitiu que essa partida será um espelho para o São Paulo daqui para frente. "Tivemos três ou quatro jogadores inspirados hoje e isso é um sinal de que tivemos uma boa recuperação e treino... Deu tudo certo. Nem sempre é assim. Hoje foi um jogo de "referência", vamos usá-lo para pensar em melhores posições e para melhorar nossa qualidade de jogo", completou.
Resultado de imagem para UOL

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.