ZH

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...

/

ESPORTE PARA TODOS!

 

OUÇA - A VIDA DE WILSON SILVA

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Procuradoria pede pena máxima e Guarani pode ficar sem o Brinco na Série B

Resultado de imagem para futebol interior

Campinas, SP, 09 (AFI) - A confusão protagonizada pela torcida bugrina e a Polícia Militar na final da Série C do Brasileiro, que teve o Boa Esporte como campeão, deve custar caro para o Guarani. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (SJTD) denunciou o clube pela ação dos torcedores e pode impor uma punição de até 20 perdas de mando de campo.As confusões protagonizadas por torcedores do Guarani são recorrentes. 

Nas quartas de final, quando o time conseguiu o acesso, torcedores invadiram o gramado e um deles agrediu o jogador Diogo, do ASA de Arapiraca. Por isso, o clube já havia sido condenado com a perda de um mando de campo, que teria de ser cumprida na Série C, mas a diretoria recorreu e será cumprida na Série B. No início da Série C deste ano, o time bugrino fez os primeiros dois jogos com os portões fechados. Isso porque na terceira divisão de 2015, se envolveu em uma confusão com a Portuguesa, que teve seus dirigentes recebidos de maneira hostil no Brinco de Ouro e o ônibus de sua delegação apedrejado. Além disso, o clube da capital acusou o Guarani de não fornecer a infraestrutura necessária para o time, deixando-os sem água.
Resultado de imagem para futebol interior