Pular para o conteúdo principal

Os meandros do futebol parte III

Resultado de imagem para MÁFIA FUTEBOL
Numa destas semanas ,  ia eu para mais uma sessão de fisioterapia quando fui abordado numa rua de Cianorte por um sujeito de aspecto jovial dizendo - se internauta e que visitava esse blog regularmente;  após os elogios , o sujeito que trajava uma camisa do Cianorte FC me fez uma pergunta alvissareira.
Resultado de imagem para MÁFIA FUTEBOL
Ele — Magno você acredita em jogo comprado e em manobras sorrateiras , onde supostamente uma equipe "se vende" para entregar um jogo de bandeja à um adversário teoricamente prestigiado no meio esportivo? Evidente que fiquei sem palavras , pois a pergunta me pegou desprevenido , então recorri a William Shakespeare .



Eu  — É meu caro , disse eu "Há mais mistérios entre o céu e a terra do que a vã filosofia dos homens possa imaginar" Depois me lembrei de outra , essa do Bruno Calil dos meus tempos de faculdade:

“Segredos e mistérios existem entre o céu e a terra, muito mais que possamos imaginar em nossos conhecimentos científicos e empíricos. “

                                        por Magno Moreira 17:55h de 06/08/2015


Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

O time do Alto da Bica - A foto que virou saudade

O time do Alto da Bica surgiu, consultando minha memória, ali pelos anos 90 e pouco, coincidindo com o início da era Parmalat. Isso talvez explique os meninos - que acompanham os craques - tão bem vestidos. A sede fica na margem da rodovia Cianorte – São Tomé, logo após o ribeirão São Tomé, num trecho conhecido como Bica, por isso o nome: Alto da Bica.

Frequentado por cianortenses ilustres congrega em sua maioria os palmeirenses - também consultando minha memória, e o Avanti -. Nesta foto, em 98, vemos o elenco pronto para mais uma vitória; vou fazer a escalação e pedir mil perdões se errar o nome de alguém, pois embora conhecendo pela fisionomia posso me confundir na denominação. De pé, da esquerda para a direita: Miguel Deneka, Flávio Vieira, Cometa, Gaúcho, Jácomo e Zezé; agachados, na mesma ordem: Antônio Rogério, Maurício, Nilo, Deíca e Spagola...

Por Marco Antônio de Paula Franco