Pular para o conteúdo principal

FPF : Paraná Clube é o Campeão Paranaense Sub-17

Na manhã de domingo, 13, o Paraná Clube recebeu o Coritiba, na final do Campeonato 
Paranaense Sub-17. A decisão, realizada na Vila Capanema, foi para as penalidades, 
após o 
Tricolor vencer por 3 a 2. 
Com a vitória do Coritiba por 2 a 1 no primeiro jogo, as duas equipes definiram o campeão 
estadual da categoria nas penalidades. 
Na oitava rodada de cobranças, o goleiro paranista marcou e, em seguida, defendeu a
cobrança do arqueiro alviverde, fechando o placar das penalidades em 6 a 5 e
 garantindo o título 
do Tricolor.
Os atletas e comissão técnica do Paraná Clube receberam a premiação após a partida e 
comemoraram com o torcedor presente à Vila Capanema. O troféu e as medalhas 
foram entregues pelo presidente da FPF, Hélio Pereira Cury, e o Gerente de competições 
da entidade, Marcius Koheler.
Já a equipe do Coritiba foi para o vestiário e não retornou para receber a premiação, 
que incluía os troféus de artilheiro e goleiro menos vazado. 
Campanha
O Paraná Clube foi a equipe com melhor campanha na competição, tendo somado 
48 em 22 partidas disputadas. O Tricolor tem 15 vitórias, três empates e quatro derrotas, 
e marcou 
49 gols, sofrendo 25, o que resultou em um saldo de 24 gols e 72% de aproveitamento 
na competição. 

FPF
Fonte: Assessoria de Imprensa
  

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.