Pular para o conteúdo principal

F1 : Nico Rosberg: a vitória do trabalho


A vitória do trabalho duro. É como defino a inédita conquista de Nico Rosberg em 2016. Após 11 temporadas de muita luta, aos 31 anos, finalmente o esforço do alemão foi recompensado. O título mundial, coroado neste domingo, no GP de Abu Dhabi, não foi uma mera obra do acaso, como algumas pessoas defendem. Depois de dois anos sendo dominado por Lewis Hamilton na imbatível Mercedes, o alemão trabalhou duro. 

Analisou as fraquezas do companheiro mais talentoso e investiu pesado para aproveitá-las. Aproveitou todos os momentos de falta de concentração do inglês para maximizar sua vantagem. As vitórias no início da temporada - quatro seguidas - e depois das férias de meio do ano - quatro em cinco provas - foram a maior prova disso. Rosberg se tornou o 33º campeão da F1. 

Conquista merecidíssima. Aplicação. 

Uma das maiores virtudes de Nico neste ano. Afinal, iria para o terceiro ano com o melhor carro da Fórmula 1 nas mãos e foi superado nos dois primeiros por Hamilton. Era a hora de virar o jogo. Mas como fazer isso? Muito estudo. Não foram poucas as vezes no ano que o alemão conseguiu sair de situações técnicas complicadas apenas com ajustes feitos no volante. Hamilton tem mais talento natural, mas teve várias dificuldades nessas situaçôes neste ano. 

É só lembrar a situação de Baku, quando as ajudas pelo rádio estavam proibidas e o inglês não conseguia achar o ajuste correto no volante. Ou os problemas no acionamento das embreagens nas largadas? Rosberg dominou o carro, o excepcional F1 W07 Hybrid. E foi premiado com o título mundial. O alemão deu uma lição de como superar as adversidades: compensar suas deficiências com muito trabalho. Um belíssimo exemplo para todo mundo.

BLOG VOANDO BAIXO : G1


FOTO -
 Bild Logo

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.