Eliminatórias Rússia 2018: Brasil e Uruguai às portas do mundial

O Brasil, que goleou a Argentina por 3-0, e Uruguai, que sofreu para derrotar o Equador por 2-1 de local, seguem lutando lado a lado o primeiro lugar do pré-mundial sul-americano e acariciam a classificação à Rússia-2018.
A seleção auriverde ganhou seu quinto jogo ao fio desde que Tite assumiu a direção técnica, mas desta  quinta-feira foi o mais celebrado, contra seu arquirrival Argentina e no estádio Mineirão, onde o Brasil não jogava desde que foi goleado 7-1 pela Alemanha na Copa-2014.
Philippe Coutinho aos 24 minutos, Neymar, perto do intervalo, e Paulinho marcaram os gols do Brasil, que agora soma 24 pontos e continua a liderar o pré-mundial.
O pré-mundial outorga quatro vagas para a Rússia 2018 e ao quinto a possibilidade de um playoff contra o vencedor da Oceania.
Em um ponto continua Uruguai, que sofreu como raramente para vencer o Equador por 2-1 no estádio Centenario, em Montevidéu, onde o céu não perde por nocaute desde outubro de 2009, com uma série invicta de 17 jogos disputados.
O zagueiro Sebastian Coates aos 12 minutos e atacante Diego Rolan, aos 45, marcaram os gols do Uruguai, enquanto Felipe Caicedo marcou para o Equador aos 44 minutos.
O Equador ficou em quarto lugar com 17 pontos, os mesmos que o Chile, mas com uma melhor diferença de gols (3-2).
Chile conseguiu um ponto de ouro em Barranquilla, onde sofreu o cerco da Colômbia a um empate 0-0.
A seleção cafeteira, que voltou com Radamel Falcao, pela primeira vez desde outubro de 2015, não pôde com a defesa chilena sólida, mas agora está em terceiro lugar com 18 pontos.
Peru também não deixou por menos, e em Assunção goleou o Paraguai por 4-1.
A equipe treinada por Ricardo Gareca totaliza agora 14 pontos em oitavo lugar, um atrás do Paraguai, sétimo, e três da área de classificação.
Christian Ramos (48 minutos), Edison Flores (70), Christian Cueva (78) e Edgar Benitez (83 contra) marcaram os golos do Peru. Paraguai abriu o placar aos 10 minutos, através de Cristian Riveros.
Em Maturín e quase para cumprir o calendário, Venezuela goleou a Bolívia por 5-0, a sua primeira vitória da premundial, que lhe permite deixar o último lugar e relegá-lo ao Green.
Na terça-feira décima segunda vez a Argentina sediará Colômbia, Chile para o Uruguai, Equador para a Venezuela, Bolívia para o Paraguai e Peru o Brasil.
- Resultados da undécima data disputada nesta quinta-feira:
Em Barranquilla: Colômbia - Chile     0-0
Em Montevidéu: Uruguai - Equador      2-1
Em Assunção: Paraguai - Peru          1-4
Em Maturín: Venezuela - Bolívia       5-0
Em Belo Horizonte: Brasil - Argentina 3-0
-- Posições:
-               Pts   J  G  E  P  Gf  Gc
 1. Brasil       24  11  7  3  1  26   9
 2. Uruguai      23  11  7  2  2  23   8
 3. Colômbia     18  11  5  3  3  15  12
 4. Equador      17  11  5  2  4  19  16
 5. Chile (*)    17  11  5  2  4  18  16
 6. Argentina    16  11  4  4  3  11  12
 7. Paraguai     15  11  4  3  4  11  16
 8. Peru (*)     14  11  4  2  5  18  18
 9. Venezuela     5  11  1  2  8  14  26
10. Bolívia (*)   4  11  1  1  9   9  31
(*) A FIFA sancionou Bolívia nas derrotas 3-0 ante Peru e Chile por formação indevida de um jogador.
-- Próximos jogos
- Duodécima data:
15 de novembro de 2016:
Em La Paz (20H00 GMT): Bolívia - Paraguai
Em Quito (21H00 GMT): Equador - Venezuela
Em San Juan (23H30 GMT): Argentina - Colômbia
Em Santiago (23H30 GMT): Chile - Uruguai
Em Lima (02H15 GMT del miércoles): Peru - Brasil

Texto e fotos: AFP
Design: RS/conmebol.com
Início

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"