Pular para o conteúdo principal

Eliminatórias Rússia 2018: Brasil e Uruguai às portas do mundial

O Brasil, que goleou a Argentina por 3-0, e Uruguai, que sofreu para derrotar o Equador por 2-1 de local, seguem lutando lado a lado o primeiro lugar do pré-mundial sul-americano e acariciam a classificação à Rússia-2018.
A seleção auriverde ganhou seu quinto jogo ao fio desde que Tite assumiu a direção técnica, mas desta  quinta-feira foi o mais celebrado, contra seu arquirrival Argentina e no estádio Mineirão, onde o Brasil não jogava desde que foi goleado 7-1 pela Alemanha na Copa-2014.
Philippe Coutinho aos 24 minutos, Neymar, perto do intervalo, e Paulinho marcaram os gols do Brasil, que agora soma 24 pontos e continua a liderar o pré-mundial.
O pré-mundial outorga quatro vagas para a Rússia 2018 e ao quinto a possibilidade de um playoff contra o vencedor da Oceania.
Em um ponto continua Uruguai, que sofreu como raramente para vencer o Equador por 2-1 no estádio Centenario, em Montevidéu, onde o céu não perde por nocaute desde outubro de 2009, com uma série invicta de 17 jogos disputados.
O zagueiro Sebastian Coates aos 12 minutos e atacante Diego Rolan, aos 45, marcaram os gols do Uruguai, enquanto Felipe Caicedo marcou para o Equador aos 44 minutos.
O Equador ficou em quarto lugar com 17 pontos, os mesmos que o Chile, mas com uma melhor diferença de gols (3-2).
Chile conseguiu um ponto de ouro em Barranquilla, onde sofreu o cerco da Colômbia a um empate 0-0.
A seleção cafeteira, que voltou com Radamel Falcao, pela primeira vez desde outubro de 2015, não pôde com a defesa chilena sólida, mas agora está em terceiro lugar com 18 pontos.
Peru também não deixou por menos, e em Assunção goleou o Paraguai por 4-1.
A equipe treinada por Ricardo Gareca totaliza agora 14 pontos em oitavo lugar, um atrás do Paraguai, sétimo, e três da área de classificação.
Christian Ramos (48 minutos), Edison Flores (70), Christian Cueva (78) e Edgar Benitez (83 contra) marcaram os golos do Peru. Paraguai abriu o placar aos 10 minutos, através de Cristian Riveros.
Em Maturín e quase para cumprir o calendário, Venezuela goleou a Bolívia por 5-0, a sua primeira vitória da premundial, que lhe permite deixar o último lugar e relegá-lo ao Green.
Na terça-feira décima segunda vez a Argentina sediará Colômbia, Chile para o Uruguai, Equador para a Venezuela, Bolívia para o Paraguai e Peru o Brasil.
- Resultados da undécima data disputada nesta quinta-feira:
Em Barranquilla: Colômbia - Chile     0-0
Em Montevidéu: Uruguai - Equador      2-1
Em Assunção: Paraguai - Peru          1-4
Em Maturín: Venezuela - Bolívia       5-0
Em Belo Horizonte: Brasil - Argentina 3-0
-- Posições:
-               Pts   J  G  E  P  Gf  Gc
 1. Brasil       24  11  7  3  1  26   9
 2. Uruguai      23  11  7  2  2  23   8
 3. Colômbia     18  11  5  3  3  15  12
 4. Equador      17  11  5  2  4  19  16
 5. Chile (*)    17  11  5  2  4  18  16
 6. Argentina    16  11  4  4  3  11  12
 7. Paraguai     15  11  4  3  4  11  16
 8. Peru (*)     14  11  4  2  5  18  18
 9. Venezuela     5  11  1  2  8  14  26
10. Bolívia (*)   4  11  1  1  9   9  31
(*) A FIFA sancionou Bolívia nas derrotas 3-0 ante Peru e Chile por formação indevida de um jogador.
-- Próximos jogos
- Duodécima data:
15 de novembro de 2016:
Em La Paz (20H00 GMT): Bolívia - Paraguai
Em Quito (21H00 GMT): Equador - Venezuela
Em San Juan (23H30 GMT): Argentina - Colômbia
Em Santiago (23H30 GMT): Chile - Uruguai
Em Lima (02H15 GMT del miércoles): Peru - Brasil

Texto e fotos: AFP
Design: RS/conmebol.com
Início

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol e a salsicha

Dia destes numa fila qualquer ouví um dizer: "Perdí as esperanças no futebol depois da final da Copa da França em 1998. 
 Logo pensei : 

" Se Imaginássemos como são feitos o futebol e a salsicha jamais consumiriamos essas "guloseimas"

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

07/08/2016 22:05 A seleção brasileira masculina de hóquei sobre grama disputou o seu segundo compromisso no torneio dos Jogos Olímpicos Rio 2016 neste domingo, 8 de agosto, no Centro Olímpico de Hóquei, no Complexo de Deodoro. Ao enfrentar a forte Bélgica, a seleção brasileira foi derrotada pelo placar de 12 a 0. O Brasil passou a somar duas derrotas em duas partidas, já que perdeu na estreia para a Espanha por 5 a 0. Na próxima rodada, terça-feira, 9 de agosto, os brasileiros voltam a campo para encarar a Grã-Bretanha. Encarando um time muito competitivo, os atletas brasileiros conseguiram manter o jogo equilibrado até o fim do primeiro quarto – de um total de quatro quartos, de 15 minutos cada –, quando a Bélgica marcou seus dois primeiros gols. A partir daí, a equipe brasileira sucumbiu à superioridade belga, ameaçando o gol adversário apenas em lances esporádicos. Com o domínio absoluto da partida, a Bélgica foi ampliando até chegar ao placar final de 12 a 0. "Pela primeira vez …

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)