Pular para o conteúdo principal

Autoridades da Colômbia atualizam lista de sobreviventes

Resultado de imagem para chapecoense
29/11 - 11:55h

As autoridades colombianas corrigiram, por volta 11h25 desta terça-feira (29), o número de sobreviventes após o acidente com a delegação da Chapecoense em La Unión, na Colômbia. Ao todo, são seis sobreviventes e 75 mortos, de acordo com a Aeronáutica Civil do país, orgão correspondente à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) no Brasil. Mas o número pode ser maior, já que as informações estão desencontradas até o momento. Não havia até há pouco, por exemplo, confirmação oficial sobre a morte do goleiro Danilo.
Os sobreviventes são: a comissária de bordo Ximena Suárez; o técnico da aeronave Erwin Tumiri; o jornalista Rafael Hensel; o jogador Alan Ruschel, o goleiro reserva Jackson Follmann e o zagueiro Neto.
O zagueiro Hélio Zampier Neto, conhecido como Neto, foi o último a ser resgatado. Ele está vivo e passa por exames, de acordo com o diretor-geral da Clínica San Juan de Diós, em La Ceja, Guillermo Leon Molina Mesa.
— Recebemos o paciente Helio Zampier Neto às 6h45 (9h45 no horário de Brasília) com vida. Ele teve trauma de crânio e politraumatismo abdominal e no torax. Ele passa por exames. Em breve, será levado ao centro cirúrgico. 
Zagueiro Neto foi último resgatado com vida dos destroços de aviãoCelso Pupo /Fotoarena/Folhapress
O goleiro Danilo foi resgatado com vida, mas não resistiu aos ferimentos a caminho do hospital. 
De acordo com o diretor-geral do hospital de La Ceja, o jornalista Rafael Hensel sofreu trauma de torax e fraturas múltiplas e está na UTI. Seu estado é estável. Já Alan Ruschel sofreu fratura na coluna, tem politraumatismo e passou por cirurgia. Ele foi levado outro hospittal da região, mas segundo o diretor-geral do hospital de La Ceja, estava estável e vivo. Rusche passará por mais cirurgias.
Resultado de imagem para r7

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.