Pular para o conteúdo principal

Uruguai : Partido suspendido

Rampla Juniors vencía 1-0 a Peñarol en la final del primer tiempo. La segunda mitad no se disputará debido a la suspensión tras los incidentes que registraron un herido de dos balas en un baño de la tribuna Ámsterdam.
 Resultado de imagem para ovacion digital uruguay
                                           RAMPLA JRS. 1-0 PEÑAROL (SUSPENDIDO)

Estadio: Centenario
 Árbitros: Christian Ferreyra, Horacio Ferreiro y Carlos Barreiro.

 Rampla Juniors: R. Odriozola, W. Techera, W. Martínez, E. García, G. De León; A. Leites, N. Rocha, M. Felipe, C. Cándido, M. Rigoleto y K. Gissi. DT: F. Araujo.

 Peñarol: G. Guruceaga, A. Silva, C. Valdez, M. Bressan, M. Rodríguez, N. Nandez, A. Rodríguez, T. Costa, N. Albarracin, G. Rodríguez, J. Arias. DT: F. Curutchet. Gol: 38' K. Gissi (RAM)

 Amarillas: 33' G. Rodríguez, 40' T. Costa (PEÑ); 43' C. Cándido (RAM)


Los hinchas aurinegros retirándose del Centenario, tras la suspensión. 
Foto: G. Pérez
Resultado de imagem para ovacion digital uruguay

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

O time do Alto da Bica - A foto que virou saudade

O time do Alto da Bica surgiu, consultando minha memória, ali pelos anos 90 e pouco, coincidindo com o início da era Parmalat. Isso talvez explique os meninos - que acompanham os craques - tão bem vestidos. A sede fica na margem da rodovia Cianorte – São Tomé, logo após o ribeirão São Tomé, num trecho conhecido como Bica, por isso o nome: Alto da Bica.

Frequentado por cianortenses ilustres congrega em sua maioria os palmeirenses - também consultando minha memória, e o Avanti -. Nesta foto, em 98, vemos o elenco pronto para mais uma vitória; vou fazer a escalação e pedir mil perdões se errar o nome de alguém, pois embora conhecendo pela fisionomia posso me confundir na denominação. De pé, da esquerda para a direita: Miguel Deneka, Flávio Vieira, Cometa, Gaúcho, Jácomo e Zezé; agachados, na mesma ordem: Antônio Rogério, Maurício, Nilo, Deíca e Spagola...

Por Marco Antônio de Paula Franco