Palmeiras bate o Figueirense e abre boa vantagem

Perfeitos para o líder. Assim podem ser definidos os resultados dos primeiros jogos do Campeonato Brasileiro neste domingo (16). Pela 31ª rodada da competição, o Verdão derrotou o Figueirense por 2 a 1 e, com a vitoria do Internacional sobre o Flamengo, pelo mesmo placar, abriu vantagem de quatro pontos na liderança da competição (64 contra 60 dos rubro-negros). Além disso, o Atlético-MG, terceiro colocado, também perdeu. 

O Galo foi superado pelo Botafogo por 3 a 2 e, mesmo seguindo na terceira colocação, viu a distância para os palestrinos aumentar para oito pontos. No Orlando Scarpelli, o Palmeiras abriu vantagem sem dificuldade. Após um primeiro tempo de total domínio na posse de bola e boas chances, o Verdão abriu o placar na etapa final. Aos 12 minutos, Jean balançou a rede em cobrança de pênalti. 


Vinte minutos mais tarde, Gabriel Jesus partiu em velocidade pela esquerda passou para Dudu no meio. Josa conseguiu cortar, mas a bola sobrou para Jean, que bateu e fez mais um. Aos 35, Bady cobrou escanteio, e Rafael Silva conseguiu descontar para o Figueirense, mas o placar ficou nisso mesmo. Enquanto o Alviverde segue firme na liderança com o resultado, o Figueira não conseguiu deixar a zona de rebaixamento. 


Com 32 pontos, o Alvinegro é o 18º colocado. No Beira-Rio, Internacional e Flamengo fizeram um primeiro tempo sem muitas chances. Na etapa final, o duelo melhorou muito e o Rubro-Negro saiu na frente. Aos 11 minutos, Diego cobrou falta da esquerda, e Réver tocou de cabeça para o fundo da rede. 


Nove minutos depois, após bate e rebate na área, Eduardo Sasha aproveitou a sobra e bateu cruzado para deixar tudo igual. Aos 35, Valdívia bateu cruzado, e Muralha fez grande defesa. No rebote, Vitinho aproveitou para virar e dar a vitória ao Colorado. Apesar da derrota, o Fla segue na segunda colocação, com 60 pontos. 


O Inter, por sua vez, chega a 36 e sobe para o 14º lugar. No Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro, Botafogo e Atlético-MG fizeram um jogaço de cinco gols. Logo aos quatro minutos, Bruno Silva aproveitou cruzamento de Camilo e abriu o placar para os donos da casa. Trinta minutos depois, Rodrigo Pimpão recebeu cruzamento de Alemão e ampliou a vantagem. Na etapa final, aos cinco, Fred recebeu de Robinho e descontou. Aos 24, Leonardo Silva subiu bem após cruzamento de Otero e deixou tudo igual. Quando o resultado já se encaminhava para o empate, aos 45 minutos, Dudu Cearense recebeu de Camilo e deu a vitória ao Glorioso. Com a derrota, o Galo segue na terceira colocação, com 56 pontos. O Bota é o quinto, com 50. No Durival Britto, não faltou emoção para o clássico Atletiba. E o Furacão levou a melhor. Aos 20 minutos do primeiro tempo, Pablo cruzou na área, e Matheus Rossetto abriu o placar.


 Já na etapa final, aos 23, Lucho González achou Pablo na área, e o atacante bateu na saída de Wilson para garantir o triunfo rubro-negro por 2 a 0. O Atlético chegou a 48 pontos e é o sexto colocado. O Coritiba, com 37, é o 13º. No Mineirão, Cruzeiro e Chapecoense não saíram do 0 a 0. A Raposa teve a melhor chance do duelo. Já no segundo tempo, aos nove minutos, Ábila teve a grande oportunidade de marcar em cobrança de pênalti, mas bateu no meio do gol, e Danilo conseguiu fazer a defesa com os pés para salvar a Chape. Com o resultado, o clube mineiro chegou a 38 pontos e é o 12º. O Verdão do Oeste, com 42, é o 11º colocado.


CBF

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"