Pular para o conteúdo principal

João Gabriel a "muralha" do Cianorte FC


Sorriso jovial de quem parece se "sentir se em casa" - João Gabriel  da Silva Teles ou somente João Gabriel , foi o goleiro do Leão do Vale campeão invicto da Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense 2016 - Veio em 2015 como reforço para a Taça FPF , veio do Vitória BA e seu último clube foi o Paysandu/PA .

João chegou à  Cianorte como promessa de ser uma "muralha" no gol do Cianorte FC se esforçou muito na fase inicial de preparação e consolidou se na posição . Como todo bom time começa por um ótimo goleiro João Gabriel é foi dos atletas mais queridos do torcedor leonense - segurança , reflexo e um apurado posicionamento sob a trave faz dele um ótimo goleiro digno de vestir a camisa 1 do Leão do Vale que um dia foi usada por Vanderlei , Adir , Danilo e Marcelo. 

João Gabriel poderá estar de volta na próxima temporada , quando o Cianorte FC jogará a elite do futebol paranaense 2017. João é o preferido do torcedor pra ser definitamente o dono do gol do Leão do Vale em 2017.

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.