Pular para o conteúdo principal

Goleiro do Criciúma comenta empate com o Londrina: "está no G-4 não é à toa"

POR 
LARIANE CAGNINI/RBS

Apesar da postura ofensiva e das inúmeras chances de gol, o Criciúma não conseguiu garantir os três pontos em casa diante do Londrina - PR, e ficou no empate em 1 a 1. O time do técnico Roberto Cavalo foi surpreendido no final do primeiro tempo com um gol de Itamar, mexeu no intervalo e voltou com outra postura. Com Bruno Baio, o time ganhou mais presença dentro da área, e no abafa, Niltinho empatou de pênalti. Depois do lance, o Criciúma ainda criou boas jogadas, mas o gol da vitória não veio. 

O empate deixa o Tigre em uma situação quase impossível de conquistar o acesso. — Difícil, o adversário está no G-4 não é à toa. Conseguimos fazer um grande jogo, infelizmente a vitória não veio, precisava de uma vitória para diminuir essa distancia do G-4, mas agora é jogo a jogo — projetou o goleiro Luiz. Roberto, que quase abriu o placar aos 4 minutos de jogo, fez boa partida, e também lamentou a falta de um gol para conquistar os três pontos. 


— Assim é difícil, a gente lutou, time foi superior ao Londrina, acabamos tomando um gol no finalzinho do primeiros tempo que acabou complicando. Voltamos com outra postura para o segundo tempo, mas não deu — explicou o atacante. O volante Douglas Moreira, motorzinho do Criciúma no meio campo, também chegou na frente em algumas oportunidades, mas o goleiro Marcelo Rezende fechou o gol do Tubarão.


 — A equipe batalhou até o final, lutamos, não faltou entrega do jogador. Tomamos um gol cagado que não existe, tomar um gol desses, e com o empate fica mais difícil, ainda temos chances e a equipe vai lutar até o final — declarou Dodi.
Resultado de imagem para dc clicrbs

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.