Pular para o conteúdo principal

Em rodada com empates, Monaco mantém liderança do grupo F

Resultado de imagem para monaco fc

EFE : O Monaco arrancou um empate com o CSKA Moscou em 1 a 1, com um gol nos instantes finais da partida disputada na capital russa, e se manteve na liderança do grupo F da Liga dos Campeões, já que, no outro jogo da chave, Bayer Leverkusen e Tottenham ficaram no 0 a 0 na Alemanha.
Na Arena CSKA, o gol dos donos da casa saiu em jogada iniciada pelo brasileiro naturalizado russo Mário Fernandes, que acionou Tosic na ponta direita. O sérvio levou para o pé esquerdo e chutou forte para defesa de Subasic. Atento ao rebote, Lacina Traoré, que está na Rússia emprestado pelo Monaco, completou para a rede, aos 34 minutos do primeiro tempo.
Sem se entregar, a equipe do principado lutou até o fim e foi recompensada aos 42 minutos da etapa final. Carrillo bateu forte, o goleiro Akinfeev rebateu e Bernardo Silva deixou tudo igual.
Com o placar, o Monaco, que contou com os brasileiros Fabinho e Jemerson, foi a cinco pontos, firme no topo da tabela, enquanto o CSKA continua na última posição, com dois. O empate sem gols na Alemanha manteve o Tottenham como vice-líder, com quatro pontos, um a mais que o Leverkusen.

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.