Pular para o conteúdo principal

Cássio quer deixar o Corinthians em 2017

Resultado de imagem para goleiro cassio corinthians
O goleiro Cássio confirmou nos últimos dias para alguns empresários que sua prioridade, dado o momento atual no Corinthians, é trocar de clube em 2017. Reserva de Walter sob o comando de Oswaldo de Oliveira, o herói do título Mundial de Clubes quer voltar a jogar no próximo ano. Cássio considera cada dia mais difícil a volta por cima com a camisa corintiana. Uma das equipes com as quais mantém contato frequente é o Grêmio, que avalia a possibilidade de fazer uma nova investida por ele. Ao contrário de outros momentos, o Corinthians já não considera imprescindível manter Cássio. Com um dos três maiores salários do elenco, o goleiro está abaixo do novo titular Walter nos aspectos técnico e físico, segundo a avaliação da comissão técnica. Financeiramente, o contrato do goleiro hoje não é interessante para o clube -o vínculo, renovado em maio, só se encerra em dezembro de 2019.

  AMBIENTE

 Um dos pontos que também leva o Corinthians a desejar uma transferência diz respeito ao ambiente. A relação entre Cássio e o preparador Mauri Lima há meses não é boa, ainda que pessoas próximas ao goleiro assegurem que o contato é profissional e cordial entre as partes. Uma entrevista de Mauri há um mês, porém, contribuiu para certo estremecimento: o preparador disse que, se fosse dele, a decisão seria dar a camisa de titular a Walter. Naquele momento, o interino Fábio Carille tinha anunciado que a vaga voltaria a ser de Cássio, que se chateou com as declarações. "Walter joga em qualquer time no Brasil, é titular em qualquer lugar", disse Mauri na ocasião. "Coloco ele como um dos cinco melhores goleiros do Brasil. E a condição de ser titular ou não quem tem que avaliar é o treinador. (...) Por questão de hierarquia, você coloca seus pensamentos, mas a decisão é do treinador. O Fábio passou a decisão para nós, colocou que era decisão dele e temos que respeitar a hierarquia. Às vezes existem empecilhos e coisas que não acontecem da maneira que queremos", acrescentou.

  TURQUIA

 O próprio goleiro, por sua vez, já gostaria de se transferir ao Besiktas no início da temporada e ficou, de certa maneira, a contragosto. A transferência para a Turquia era desejo de Cássio, que permaneceu a pedido do Corinthians depois de se despedir de colegas e dar a negociação como certa. A alegação da diretoria corintiana para ele na ocasião foi de que não havia garantias financeiras e que as cifras não eram tão interessantes. No momento de desmanche, mantê-lo foi considerado importante na ocasião. Já no meio do ano, o Grêmio também fez pelo menos duas propostas por Cássio. A primeira delas, por empréstimo. Já na sequência, para compra em definitivo, mas por valores considerados baixos pelo Corinthians, que também rejeitou. A prioridade do estafe de Cássio, há meses, é encontrar uma equipe para o goleiro no exterior, mas a situação não é simples. Longe do radar da seleção brasileira, no banco de reservas corintiano, com 29 anos e um salário considerado alto (além de mais três anos de contrato), o cenário é difícil para a prospecção de interessados. Até o mercado chinês não é alternativa, já que arqueiros estrangeiros não são permitidos por lá.

  Com informações da Folhapress.
Resultado de imagem para msn logo png

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol e a salsicha

Dia destes numa fila qualquer ouví um dizer: "Perdí as esperanças no futebol depois da final da Copa da França em 1998. 
 Logo pensei : 

" Se Imaginássemos como são feitos o futebol e a salsicha jamais consumiriamos essas "guloseimas"

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

07/08/2016 22:05 A seleção brasileira masculina de hóquei sobre grama disputou o seu segundo compromisso no torneio dos Jogos Olímpicos Rio 2016 neste domingo, 8 de agosto, no Centro Olímpico de Hóquei, no Complexo de Deodoro. Ao enfrentar a forte Bélgica, a seleção brasileira foi derrotada pelo placar de 12 a 0. O Brasil passou a somar duas derrotas em duas partidas, já que perdeu na estreia para a Espanha por 5 a 0. Na próxima rodada, terça-feira, 9 de agosto, os brasileiros voltam a campo para encarar a Grã-Bretanha. Encarando um time muito competitivo, os atletas brasileiros conseguiram manter o jogo equilibrado até o fim do primeiro quarto – de um total de quatro quartos, de 15 minutos cada –, quando a Bélgica marcou seus dois primeiros gols. A partir daí, a equipe brasileira sucumbiu à superioridade belga, ameaçando o gol adversário apenas em lances esporádicos. Com o domínio absoluto da partida, a Bélgica foi ampliando até chegar ao placar final de 12 a 0. "Pela primeira vez …

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)