Pular para o conteúdo principal

Rosberg volta à liderança na F1 após vitória em Cingapura

Resultado de imagem para rosberg cingapura
CINGAPURA (Reuters) - O alemão Nico Rosberg comemorou sua 200ª corrida na Fórmula 1 neste domingo reassumindo a liderança que estava com seu companheiro de Mercedes, o britânico Lewis Hamilton, depois de vencer o Grande Prêmio de Cingapura.
Depois de uma largada caótica que trouxe o safety car para a pista já na volta de abertura, Rosberg se manteve na liderança e terminou à frente de Daniel Ricciardo, da Red Bull, no circuito da Marina Bay.
Hamilton, tricampeão mundial da categoria, completou o pódio na terceira posição.
"O carro inteiro estava no limite, como sempre fica aqui em Cingapura, por isso é muito gratificante terminar desse jeito", disse Rosberg a jornalistas.
A terceira vitória seguida do alemão, a 22ª em sua carreira, leva Rosberg a 273 pontos na classificação geral, oito à frente de Hamilton, com seis corridas para o fim do campeonato. O australiano Ricciardo está em uma distante terceira posição com 179 pontos.
A vitória de Rosberg foi a quinta dele nesta temporada e a primeira em Cingapura, prova que só foi vencida por campeões mundiais até agora.
Felipe Massa, da Williams, terminou na 12ª posição, enquanto Felipe Nasr, da Sauber, foi o 13º.

Resultado de imagem para reuters

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.