Pular para o conteúdo principal

Flamengo derrota o Figueira e segue perto do líder



Na cola do líder Palmeiras, o Flamengo conquistou mais uma importante vitória na manhã deste domingo (18). No Pacaembu, o Rubro-Negro recebeu o Figueirense e garantiu o triunfo por 2 a 0 em jogo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Superior durante toda a partida, a equipe carioca marcou com Willian Arão e Diego, de pênalti. Dominando as ações e pressionado desde o início do jogo, o Flamengo abriu o placar instantes após o goleiro Gatito Fernández defender pênalti cobrado por Leandro Damião. Aos 36 minutos, Rafael Vaz cruzou do lado esquerdo e Willian Arão pegou de cabeça para marcar o primeiro gol no Pacaembu. 

Na volta do intervalo, o time rubro-negro seguiu impondo o ritmo da partida e, logo aos quatro minutos, Diego obrigou Gatito a fazer boa defesa. Aos 11, Réver recebeu cruzamento e chutou na trave. 

A bola voltou e, após bate-rebate na área, acabou saindo. Aos 24, mais um pênalti para o Flamengo. Felipe Vizeu – que substituiu Leandro Damião –, foi derrubado por Bruno Alves dentro da área, e Diego foi para a cobrança. O meia bateu rasteiro, Gatito Fernández chegou a tocar na bola, mas não impediu o gol que deu números finais à partida: 2 a 0. Com a vitória, o Flamengo segue a um ponto do líder Palmeiras (51 a 50). O Figueirense, com 28, permanece dentro da zona de rebaixamento, na 17ª posição.

CBF

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.