Pular para o conteúdo principal

Coritiba goleia Grêmio e deixa a zona de rebaixamento


O que "parecia" ser mais um jogo " sem muitas pretenções por parte dos paranaenses na noite de quarta-feira, 07, o Coritiba recebeu o Grêmio no Couto Pereira, precisando da vitória para deixar a zona de rebaixamento. E o Alviverde fez bonito diante de sua torcida, batendo a equipe gaúcha por 4 a 0. 

 O Coritiba iniciou a partida aproveitando as chances e abriu o placar aos 21 minutos de jogo, quando o lateral Wallison Maia desviou para o gol. Aos 30 minutos, foi a vez de o atacante Leandro deixar a sua marca. Quatro minutos depois, Raphael Veiga tirou do goleiro e marcou o terceiro gol coxa-branca e, ainda no primeiro tempo, aos 38 minutos, Neto Berola fechou o placar marcando o quarto gol alviverde. 

 Com o resultado, o Coritiba saiu da zona de rebaixamento, subindo quatro posições e chegando ao 12º lugar, com 29 pontos. Na próxima rodada, a equipe encara a Chapecoense. O jogo acontece no próximo domingo, 11, na Arena Condá, as 11h. 

 Foto: Site Oficial do Coritiba

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.