Atlético-MG supera o Vitória em Belo Horizonte


Pela 23ª rodada do Brasileirão, o Atlético-MG fez o dever de casa e venceu o Vitória por 2 a 1 nesta quarta-feira (7), no Independência, em Belo Horizonte. Com dois gols de Fred, o Galo superou o rubro-negro baiano e assumiu a vice-liderança provisória. Para manter a posição, o time mineiro torce por um tropeço do Flamengo, às 21h45, diante da Ponte Preta. Com 42 pontos, o Atlético-MG diminuiu para um a vantagem do líder Palmeiras, que fecha o dia de Série A contra o São Paulo.
O Atlético-MG iniciou o duelo dominando as ações. Pressionando o Vitória no campo de ataque, o Galo esteve muito perto de abrir o placar com Fred, aos 16 minutos, mas a trave evitou o gol do atacante que se esticou para completar o cruzamento rasteiro de Robinho. Após suportar a pressão nos primeiros 25 minutos, o rubro-negro baiano passou a assustar nos contra-ataques e também teve a chance de sair na frente. Aos 36 minutos, Marinho entrou cara a cara com o Giovanni, tentou encobrir, mas o goleiro salvou. Quando o jogo se encaminhava para o intervalo, Fred teve outra oportunidade e dessa vez não desperdiçou. Já nos acréscimos, o camisa 99 aproveitou cruzamento de Carlos Eduardo e, de primeira, estufou as redes, 1 a 0.
O segundo tempo começou agitado. Em jogada de bola parada, aos 13 minutos, Kanu subiu mais alto que a zaga mineira e deixou tudo igual, 1 a 1. A resposta do Galo foi imediata e, aos 17, Fred marcou novamente e recolocou o Atlético-MG na frente do marcador, 2 a 1. O artilheiro da noite quase fez o terceiro, mas, assim como no primeiro tempo, a trave entrou no caminho do centroavante. Nos acréscimos, Robinho desperdiçou oportunidade sem goleiro e o placar permaneceu em 2 a 1 até o final.
A 23ª rodada se encerra com mais três jogos na quinta-feira (8). Às 19h30, o Corinthians encara o Sport, em São Paulo. Às 21h, o Inter recebe o Santos, em Porto Alegre, e o América-MG faz o clássico mineiro com o Cruzeiro, em Belo Horizonte.

CBF

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"