Agência Mundial Antidoping diz que teve sistema invadido por grupo de espionagem russo

Resultado de imagem para espionagem
(Reuters) - A Agência Mundial Antidoping (Wada) informou nesta terça-feira que dados confidenciais de atletas relacionados aos Jogos Rio 2016 foram invadidos por um grupo de espionagem cibernética russo que publicou parte das informações e ameaçou divulgar mais.
Resultado de imagem para espionagem
"A Wada condena estes ataques cibernéticos que estão sendo realizados em uma tentativa de afetar a Wada e o sistema global antidoping", disse em comunicado o diretor-geral da agência, Olivier Niggli. "A Wada foi informada por autoridades da lei que esses ataques foram feitos da Rússia".
A equipe de atletismo da Rússia, com exceção de um atleta sediado nos Estados Unidos, foi banida dos Jogos Rio 2016 em agosto pelo que a Wada disse ser um programa de doping patrocinado pelo Estado.

(Reportagem de Alan Baldwin)
Resultado de imagem para reuters

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"