Pular para o conteúdo principal

UOL : Rugby de 7 leva clima de Carnaval para os Jogos Olímpicos

Rugby de 7 leva clima de Carnaval para os Jogos Olímpicos
O Carnaval tomou conta do Estádio de Deodoro no primeiro dia da competição masculina de rugby de 7, na terça-feira (9). Fãs bastante familiarizados com o rugby se juntaram a novatos no esporte para torcer por seus países e comemorar a primeira vez que a modalidade participa dos Jogos Olímpicos em 92 anos. Com voluntários falando inglês no estádio, os estrangeiros se sentiram em casa. E havia muitos deles.
A família Harris veio da Califórnia para o Rio na expectativa de ver os frutos do crescente interesse pelo rugby na América do Norte. "Nós definitivamente temos chance", disse o pai Eric. "Temos jogadores grandes e rápidos e o rugby é o esporte que mais cresce nos EUA. Mais uma Copa do Mundo e na próxima estaremos na disputa." De certa forma, os Estados Unidos vão defender seu título Olímpico no Rio 2016: os norte-americanos conquistaram o ouro na última vez em que o esporte esteve nos Jogos, em 1924, no formado com 15 jogadores.
Resultado de imagem para uol logo png

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.