Pular para o conteúdo principal

Qual o significado da numeração das camisas de futebol?


Antigamente serviam para saber em qual posição cada um jogava, exemplo:1-goleiro,2-lateral direito,3-zagueiro central,4-quarto zagueiro,5-volante,6-lateral esquerdo,7- ponta direita,8-meia direita, 9-centro-avante,10 meia esquerda e o 11-ponta esquerda.
Muitos números de camisas se tornaram a identidade de um jogador, por exemplo, a camisa 10 do santos, Pelé,a camisa 10 do flamengo,Zico, mas hoje isso não acontece mais, serve apenas como identificação mesmo,assim como em qualquer outro esporte. 


Como toda regra tem sua exceção , na Copa do Mundo de 1974, na Alemanha, o goleiro holandês Jongbloed ( na foto acima), reinaugurou uma nova moda. Em vez de utilizar o número 1, resolveu estranhamente vestir a camisa de n° 8

E nem a derrota no jogo final contra a anfitriã Alemanha Ocidental desanimou o goleiro. Quatro anos depois, na Copa da Argentina, Jongbloed voltou a usar a número 8. Mas dessa vez teve a companhia do goleiro argentino Ubaldo Fillol, deixando atordoados muitos dos espectadores da decisão, que reuniu holandeses e argentinos. 
 Fillol também resolveu repetir a dose e vestiu a número 7 em 1982, seguindo a regra da seleção argentina que numerava seus jogadores por ordem alfabética. 

A estranha numeração, porém, não era uma completa inovação. Na Copa do Mundo de 1958, o brasileiro Gilmar dos Santos Neves vestiu a camisa de numero 3. 

Mas o primeiro goleiro campeão do mundo pelo Brasil não tinha a intenção de ser diferente. 
 A Confederação Brasileira de Desportos (antecessora da CBF), esqueceu-se de relacionar a numeração das camisas e o uruguaio Lorenzo Villizio, do Comitê organizador da FIFA, numerou os jogadores aleatoriamente. Para sorte dos brasileiros, o predestinado Pelé - sempre ele - deu sorte e acabou ficando com a 10.

Pesquisa Magno Moreira em 04/08/2016
Fonte : Yahoo

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.