Palmeiras supera o Vitória e reassume a liderança



O Palmeiras está de volta ao topo da tabela do Brasileirão. Pela 19ª rodada, o Alviverde paulista venceu o Vitória por 2 a 1 neste domingo (7), em São Paulo, e reassumiu a liderança da competição. Com 36 pontos, o Verdão aguarda o resultado de Corinthians e Cruzeiro, na segunda-feira (8), para confirmar a primeira posição ao fim do 1º turno. 

Outro paulista vitorioso foi o São Paulo. Jogando fora de casa, em Recife, o Tricolor bateu o Santa Cruz, também por 2 a 1, e deu fim ao jejum de quatro partidas sem vencer. Em Curitiba, o Coritiba superou a Ponte Preta por 3 a 1 e deixou a zona de rebaixamento. Em Porto Alegre, o Internacional foi buscar o empate por duas vezes e ficou no 2 a 2 com o Fluminense. 


No Allianz Parque, o Palmeiras começou pressionando o Vitória e abriu o placar já na primeira etapa. Após pegar o pênalti de Jean, aos 31 minutos, Fernando Miguel não conseguir evitar o gol alviverde, aos 36. Atento, Lucas Barrios aproveitou o rebote do goleiro do Vitória e fez 1 a 0. Na volta do intervalo, o Verdão ampliou logo de cara com Claiton Xavier. 

O Rubro-Negro descontou aos 29, com o gol contra de Thiago Martins, mas esbarrou na boa atuação de Jaílson e não conseguiu evitar a derrota por 2 a 1. No Couto Pereira, em Curitiba, Coritiba e Ponte Preta fizeram um duelo bastante movimentado. A tônica do primeiro tempo foi o equilíbrio. O Coxa saiu na frente aos 39 minutos com Kléber, mas levou o empate, aos 43, com Rhayner. Superior na volta do intervalo, o Alviverde garantiram a vitória por 3 a 1 com gols de Luccas Claro e Juan e deixaram a zona de rebaixamento.

 Com 21 pontos, o Coritiba ocupa a 15ª posição. No Arruda, em Recife, o São Paulo terminou com a sequência de quatro jogo sem vitórias ao bater o Santa Cruz por 2 a 1. Após abrir 2 a 0 com dois gols de Chavez, o Tricolor paulista viu os pernambucanos descontarem com Keno, mas seguraram a pressão e garantiram a vitória. Outro duelo que terminou empatado foi Internacional e Fluminense. No Beira Rio, em Porto Alegre, o Tricolor carioca esteve em vantagem em duas ocasiões com gols de Gustavo Scarpa. Mostrando poder de reação, o Colorado conseguiu o primeiro gol no último lance do primeiro tempo com Seijas. Na etapa final, o time gaúcho foi buscar o empate com Fernando Bob, aos 32.

 Artigo publicado no site da CBF

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"