Pular para o conteúdo principal

O país que mais sediou olimpíadas


De 4 em 4 anos acontece os jogos olímpicos e em cada ano é em uma cidade diferenciada, e por isso que as olimpíadas já passou por diversos países e cidades e em cada local que acontece é uma coisa diferenciada, pois cada lugar tem uma festa e isso é escolhido pelos organizadores de cada país e por isso é tudo diferenciado, mas você sabe qual o país que mais sediou as olimpíadas? Tem um país que ganha e esta na frente do ranking, vamos conhecer. 

 Não é surpresa para ninguém, mas o país que mais sediou as olimpíadas foi os Estados Unidos, ele vem ganhando de disparado quando o assunto é olimpíadas e por isso esta em primeiro lugar no ranking de países que mais sediou as olimpíadas, foram oito vezes que os Estados Unidos estava a frente das olimpíadas, 4 vezes nos jogos de verão em 1904, 1932, 1984 e 1996 e 4 vezes nos jogos de inverno em 1932, 1960, 1980 e 2002. E ele também é recordista em sedes dos jogos de inverno e verão.

Pesquisa Magno Moreira em 11/08/2016

Fonte : Comitê olímpico norte americano

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.