Com dois de Walter, Atlético-PR bate o Corinthians


O Atlético-PR conquistou uma grande vitória na noite desta quarta-feira (3). Pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Furacão bateu o Corinthians e chegou a 30 pontos, subindo para a sexta colocação e colando no G-4. O grande nome da partida foi o atacante Walter, que marcou os dois gols do triunfo por 2 a 0. O Timão segue com 33 pontos e deixa a liderança da competição, caindo para o segundo lugar. O novo líder é o Santos, com a mesma pontuação e melhor saldo que o rival, que ficou no 0 a 0 com o Flamengo. 

O Rubro-Negro carioca tem 31 pontos e é o quinto. Na Arena da Baixada, Atlético-PR e Corinthians levaram um pouco de tempo para encontrar espaços e fizeram um primeiro tempo sem grandes chances de gol. Na etapa final, as equipes ficaram mais no ataque e o Timão teve duas oportunidades, com Elias, aos sete, e Romero, aos 19. Esta última só não balançou a rede por conta da grande defesa do goleiro Santos. O Furacão, por sua vez, soube aproveitar melhor as chances e chegou ao primeiro gol aos 31 minutos, com Walter. O atacante recebeu na área e soltou uma bomba de canhota para o fundo da rede. Dez minutos depois, Walter mostrou que estava mesmo em um bom dia. 

Lucas Fernandes puxou contra-ataque e tocou para a área. O artilheiro bateu de primeira para dar números finais ao jogo. Na Arena Pantanal, o placar não saiu do zero para Santos e Flamengo. Mas não foi por falta de chances que os gols não apareceram. No primeiro tempo, o Peixe foi quem chegou mais perto de balançar a rede. Aos 34 minutos, Vitor Bueno arrancou pela direita e arriscou o chute, que só parou na trave. Na etapa final, foi a vez do poste atrapalhar o Rubro-Negro. Já aos 43 minutos, Mancuello ganhou na dividida de Renato e acertou um lindo chute, de fora de área. A bola explodiu no travessão e o empate foi confirmado.

CBF

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"