Pular para o conteúdo principal

Brasil x Colômbia: ingressos à venda desde quinta

As vendas para a partida Brasil x Colômbia, válida pela 8ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, foram retomadas às 10h de quinta-feira (4). Como todos os ingressos terão lugar marcado, os torcedores devem realizar a troca dos bilhetes adquiridos anteriormente.
Brasil e Colômbia se enfrentam às 21h45 do dia 6 de setembro, na Arena da Amazônia.
Troca de ingressos comprados pela internet e nos pontos físicos
Aqueles que efetuaram a compra online receberão um novo e-ticket. Com o material impresso, os torcedores devem, obrigatoriamente, efetuar a troca pelo ingresso físico na bilheteria do Ginásio Amadeu Teixeira (aberto a partir do dia 5 de agosto). Quem adquiriu os ingressos nos pontos de venda físicos deve comparecer ao local da compra para trocar os bilhetes e escolher o lugar no setor correspondente.
Com a redução de 5% (cinco por cento) no preço dos ingressos relativos ao setor superior (decidido pelo MM. Juízo de Direito da 11ª Vara Cível da Comarca de Manaus), os clientes que efetuaram a compra pela internet vão receber a devolução da diferença. Já aqueles que compraram nos pontos de venda físicos receberão, no momento da troca, o valor da diferença em espécie.
COMO COMPRAR:
Pontos de venda física em Manaus:
Bilheteria do Ginásio Amadeu Teixeira - Rua Loris Cordovil - Flores / A partir do dia 5 de agosto.
Ótica Avenida - Shopping Sumaúma - Av. Noel Nutels, 1.762, Loja 2042 - Cidade Nova
Ótica Avenida - Millennium Shopping - Av Djalma Batista, 1.661, Loja 238 - Chapada
VALORES
Arquibancada Superior
R$ 209 (inteira)
R$ 104,50 (meia)
Arquibancada Inferior
R$ 260 (inteira)
R$ 130 (meia)
VIP (setor inferior oeste, SEM serviços de alimentos e bebidas incluídos)
R$ 300 (inteira)
R$ 150 (meia)
Premium (setor inferior leste COM serviços de alimentos e bebidas incluídos)
R$ 350 (apenas inteira disponível)
Camarotes (de 9 a 34 lugares)
R$ 400 por assento (COM serviços de alimentos e bebidas incluídos)
Venda apenas em lote fechado.
Camarotes Villa Mix
R$450
Serviços: Camisa exclusiva do camarote; espaço exclusivo com lounge; entrada exclusiva; serviço incluso de bebidas; DJ e show de Israel Novaes.
CBF

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.