Pular para o conteúdo principal

Blog do Martins Neto : Futsal Feminino: Em rodada atrasada, C.A.F.E. goleia o Maringá e já pensa nas quartas

O blog do meu colega Martins Neto repercutiu mais uma vitória do C.A.F.E Futsal pelo estadual  de futsal feminino: 

13603753_260440604329394_7749068805140370101_o

O C.A.F.E. Futsal entrou em quadra na noite desta terça-feira para enfrentar o Maringá/Seleto, na casa das adversárias, pela oitava rodada da primeira fase do Campeonato Paranaense de Futsal Feminino – Chave Ouro. O confronto havia sido adiando por conta dos JUP’s. O time cianortense novamente jogou bem e venceu pelo placar de 5 a 1. Com o resultado, o C.A.F.E. encerrou a primeira fase como líder invicto do Grupo A, com 22 pontos ganhos. 

A Campanha da primeira fase foi a seguinte: 
 8 Jogos 
7 Vitórias 
1 Empate 
70 Gols marcados 
8 Gols sofridos 
O adversário das quartas de final será o Guarapuava, que ocupa a 4ª colocação do Grupo B. A vaga nas semifinais será decidida em jogos de ida e volta. A FPFS deve divulgar os confrontos e as datas ainda nesta semana em seu site oficial.

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.