Pular para o conteúdo principal

Baixo rendimento - treinador do Corinthians não esconde preocupação

Treinador do Corinthians não esconde preocupação
O técnico Cristóvão Borges reconheceu que o Corinthians não jogou bem na derrota por 2 a 0 para a Ponte Preta, no último sábado, mas garante que, dificilmente, repetirá o desempenho ruim mostrado em Campinas. No entanto, o treinador não esconde a preocupação com o mau rendimento. Agora, o time volta suas atenções para a Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, enfrenta o Fluminense, às 21h45, em Edson Passos, em Mesquita (RJ). Pelo Campeonato Brasileiro, o próximo jogo será apenas no dia 8 de setembro, contra o Sport, às 19h30, no Itaquerão, em São Paulo. 

"Não jogamos bem. O fato de ter perdido um jogador cedo (Balbuena, expulso aos 17 minutos do primeiro tempo) atrapalhou. A Ponte saiu na frente, e a partida ficou propícia a eles. O jogo foi muito distante do que qualquer outra coisa. Não é normal e está longe de tudo que já apresentamos. Não esqueceremos o que fizemos (contra a Ponte Preta) e o que temos de virtude. 

Jogar em Campinas é difícil. Com as circunstâncias, ainda mais. Estou confiante de que vamos melhorar. Na próxima partida não será nada disso", apostou Cristóvão. "O que preocupa é a dificuldade de performance. O campeonato é duro dentro ou fora de casa. Temos que cuidar da nossa qualidade de jogo, atuar bem, ter volume. Isso que me preocupa", acrescentou o treinador corintiano.

Após a derrota para a Ponte Preta, alguns torcedores mostraram muita insatisfação com o resultado e chegaram até a jogar alguns objetos em direção aos jogadores, atingindo o goleiro Cássio, que ficou muito irritado. Na opinião de Cristóvão, tudo isso está ligado aos resultados.
"Temos que resolver o nosso problema dentro de campo. 

Quando perdemos, com uma atuação que não é boa, ficamos bastante insatisfeitos. A torcida também não quer isso. Queremos o mesmo que ela: que jogue bem e ganhe. Contra o Vitória, nos apresentamos bem. Só diante da Ponte Preta que foi tudo diferente do mostrado até aqui. Isso não voltará a acontecer", concluiu o comandante.

Porém, Cristóvão terá problemas para escalar o ataque corintiano no duelo com o Fluminense. Afinal, Luciano e André foram negociados para o exterior recentemente, enquanto Romero defenderá a seleção do Paraguai nas Eliminatórias.
Agência Estado

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol e a salsicha

Dia destes numa fila qualquer ouví um dizer: "Perdí as esperanças no futebol depois da final da Copa da França em 1998. 
 Logo pensei : 

" Se Imaginássemos como são feitos o futebol e a salsicha jamais consumiriamos essas "guloseimas"

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

07/08/2016 22:05 A seleção brasileira masculina de hóquei sobre grama disputou o seu segundo compromisso no torneio dos Jogos Olímpicos Rio 2016 neste domingo, 8 de agosto, no Centro Olímpico de Hóquei, no Complexo de Deodoro. Ao enfrentar a forte Bélgica, a seleção brasileira foi derrotada pelo placar de 12 a 0. O Brasil passou a somar duas derrotas em duas partidas, já que perdeu na estreia para a Espanha por 5 a 0. Na próxima rodada, terça-feira, 9 de agosto, os brasileiros voltam a campo para encarar a Grã-Bretanha. Encarando um time muito competitivo, os atletas brasileiros conseguiram manter o jogo equilibrado até o fim do primeiro quarto – de um total de quatro quartos, de 15 minutos cada –, quando a Bélgica marcou seus dois primeiros gols. A partir daí, a equipe brasileira sucumbiu à superioridade belga, ameaçando o gol adversário apenas em lances esporádicos. Com o domínio absoluto da partida, a Bélgica foi ampliando até chegar ao placar final de 12 a 0. "Pela primeira vez …

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)