Arthur Zanetti se diz satisfeito com a prata: "Vou ficar rindo o resto do ano"

Arthur Zanetti chegou ao Rio de Janeiro como o atual campeão nas argolas e com a pressão de defender o título. Nesta segunda-feira, o ginasta competiu a final da competição, mas ficou com a medalha de prata. O grego Eleftherios Petrounias faturou o ouro. 

No entanto, engana-se quem pensa que ele ficou frustrado com o resultado. O brasileiro, em entrevista ao "SporTV" após a cerimônia de premiação, valorizou mais uma medalha olímpica - Muita gente toda vez que me olhava na rua falava para eu trazer o ouro. Mas ninguém sabe o quanto que passei para estar aqui. Mesmo se não viesse nenhuma medalha eu estaria feliz. Fiz meu trabalho, gostei da minha prova. 

Veio a prata e vou ficar rindo o resto do ano - disse. - Não vi a nota dele. Sabia que tinha sido muito bem pelo barulho, mas não sabia da nota. Queria fazer minha prova e me sentir satisfeito - admitiu. Assim como em Londres, a família de Arthur Zanetti estava presente no ginásio. Ao ver seu pai, Archimedes Zanetti chorar com a sua premiação, o ginasta agradeceu o apoio dele - Família em primeiro lugar sempre. 

Eles acompanharam em Londres e aqui. Fico feliz deles estarem presentes na minha vida. O papai chorando em difícil. É bem difícil algo para ele chorar. Então nesse momento ele viu o quanto que passei para estar aqui - finalizou.
Resultado de imagem para sportv

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"