Pular para o conteúdo principal

UOL : Pato será testado por Cristóvão depois de 2º tropeço do Corinthians em casa



O segundo empate como mandante no Campeonato Brasileiro afastou o Corinthians da briga pela liderança da competição. O 1 a 1 contra o São Paulo provocará mudanças na equipe que enfrentará o Figueirense, no próximo sábado, novamente em Itaquera. Quem deve ganhar espaço durante a semana é o atacante Alexandre Pato.                              
                                       *VIDEO
Em entrevista concedida depois do empate com o São Paulo, o técnico Cristóvão Borges confirmou que testará o atacante entre os titulares. Caso seja aprovado, Pato ganhará uma chance de encarar o Figueirense.
"É uma possibilidade. Tenho a semana inteira para treinar. Ele e jogadores como Elias e André estão voltando agora, mas já treinando bem. Terei a possibilidade de testá-lo, sim. Até duas formações (com Pato e sem Pato)", declarou o treinador.
"Ele (Pato) e o André são goleadores, jogadores que acrescentam. Nossa equipe joga com uma variação de jogo muito grande, com muito lado de campo também, então eles são jogadores favorecidos pelo nosso estilo. Os dois têm a função de fazer gols e terão a oportunidade para isso", acrescentou o comandante corintiano.
Além de Pato e André, outro nome que será testado é Léo Príncipe. Jogador da base corintiana que nunca estreou, o lateral direito deve fazer a estreia contra o Figueirense, já que Fágner recebeu o terceiro cartão amarelo neste final de semana.
"Ainda bem que teremos uma semana para trabalhar, será bom para avaliar o Léo. Ele é um jogador da posição, mas temos outros jogadores que podem fazer este papel. Vamos testá-lo nesta semana", afirmou.
Fora o placar de 1 a 1 deste domingo, o Corinthians também tropeço diante do Grêmio (0 a 0), logo na abertura do Campeonato Brasileiro. O tropeço diante do São Paulo deixou o clube de Parque São Jorge com 29 pontos, três atrás do arquirrival Palmeiras, que bateu o Internacional por 1 a 0 no Beira Rio.Resultado de imagem para uol esporte logo

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.