Pular para o conteúdo principal

Palmeiras 0 x 1 Atlético-MG. Donizete anota o único gol do jogo, e Verdão perde chance de disparar na liderança


O Atlético-MG venceu o Palmeiras por 1 a 0 em partida na manhã deste domingo, pela 16ª rodada do Brasileirão, mas quem comemorou junto foram as outras equipes que tentam alcançar o Verdão na liderança do torneio. O Galo conquistou um ótimo resultado e pulou momentaneamente para a sexta colocação, mas o Palmeiras, que perdeu a primeira em casa neste torneio, parou nos 32 pontos na liderança (dois a mais que o Corinthians – segundo colocado) e deu a chance de os adversários não perderem o Verdão de vista na tabela de classificação. 

O jogo foi bastante truncado, e as defesas foram as que se sobressaíram no duelo, tanto que foram poucas as chances dos dois lados. O Palmeiras também acabou sentindo a ausência de Gabriel Jesus, que está junto à seleção brasileira com o companheiro Fernando Prass. Num jogo muito estudado, o único gol, de Leandro Donizete, saiu após uma excelente troca de passes que acabou envolvendo a defesa palmeirense e acabou com o atacante na cara do gol, que não perdoou e balançou as redes .

Leia mais em Guia do Boleiro - http://www.guiadoboleiro.com.br/noticia/2016/07/24/palmeiras-0-x-1-atletico-mg-gol-leandro-donizete-brasileirao-melhores-momentos-5561.html

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.