Pular para o conteúdo principal

GOAL: Diego Tardelli está de volta ao Brasil, mas não para ficar

Atacante é liberado pelo Shandong Luneng e viaja ao país para descansar. Empresários decidem o destino do atleta, que inaugura bistrô em BH na segunda-feira (25)
De acordo com reportagem do site GOAL Diego Tardelli fez as malas e deixou a cidade de Jinan, na China, nesta quinta-feira (21), rumo ao Brasil. Embora tenha trazido a maioria de seus pertences, o retorno é temporário. Não é desta vez que o atacante firmará acordo com um clube do país. Preterido pelo Shandong Luneng com as chegadas de Graziano Pellè e Papiss Cissé, ele foi liberado pela diretoria para encontrar um destino, conforme apurado pela China in Goal. 

 Enquanto não há definição sobre o novo clube, o jogador volta ao Brasil com o intuito de descansar ao lado da esposa Linda Vanessa e dos filhos Pietra (8) e Dieguinho (5). Os agentes do atacante, Giuliano Bertolucci e Beto Fedato, são os responsáveis por analisar as propostas vindas do exterior. O mundo árabe, onde já defendeu o Al-Gharafa, é o destino mais cotado.

O certo é que, antes do fechamento da janela de transferências internacional do Brasil, Diego Tardelli recebeu ofertas para retornar ao país em definitivo. Atlético-MG, Corinthians e São Paulo tentaram a contratação do jogador. O atleta, contudo, só aceitaria jogar no local em caso de manutenção do salário. Ele recebe 4 milhões de euros (R$ 14,4 milhões na cotação atual) anuais, o que supera R$ 1 milhão por mês. 

O seu vínculo com os asiáticos e encerra em janeiro de 2019. Na próxima segunda-feira (25), o ídolo do Atlético-MG inaugurará em Belo Horizonte o badalado bistrô Paris 6, conhecido por ter sedes em São Paulo e no Rio de Janeiro. Ainda não há confirmação, mas é possível que ele e o sócio Isaac Azar, dono da rede, estejam na capital mineira para a abertura do local.

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.