FL : Tubarão recebe 310 mil por transferência



O Jornal "Folha de Londrina" publicou neste sábado 16 de julho em seu site que a transferência do lateral-direito Rafinha do Genoa, da Itália, ao Bayern de Munique, da Alemanha, em 2011, rendeu 86 mil euros (R$ 310 mil) ao Londrina, pela lei do clube formador. O clube italiano foi notificado a pagar o valor em 2014, porém se recusou a transferir o dinheiro. 

O LEC acionou a Fifa, que determinou o repasse. Cerca de 60 mil euros (R$ 216 mil) já foram depositados na conta do alviceleste, que espera nas próximas semanas o repasse do restante. "Desde a gestão do Claudinho (presidente Claudio Canuto) foi dado a entrada neste processo. 

Fazia um bom tempo que estávamos esperando por isso", revelou o atual presidente Felipe Prochet. "Esse dinheiro vai ser usado para melhorar a estrutura do clube. O alojamento para os atletas da base, embaixo da arquibancada do VGD, está sendo ampliado de 30 para 65 lugares". De acordo com o dirigente, o LEC também acionou a Fifa em outros casos de transferências internacionais de ex-jogadores do clube.

 Um deles é a negociação do atacante Alan do Salzburg, da Áustria, para o Guangzhou Evergrande, da China, por R$ 33 milhões, em 2015. "No dia que foi feita a transferência nós já pedimos o percentual do Londrina", garantiu Prochet (L.F.C.)

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"