Federação Colombiana de Futebol felicita Atlético Nacional por conquista histórica

O Atlético Nacional da Colômbia coroou-se nesta quarta-feira campeão da Copa Libertadores da América 2016 ao vencer Independiente del Valle do Equador por 1-0, no jogo de volta da final disputado no estádio Atanasio Girardot em Medelim.
O gol da equipe colombiana foi realizado aos oito minutos por Miguel Angel Borja, 
o grande craque da equipe cafeteira nos duelos decisivos das rodadas 
finais do certame continental.
O conjunto verdolaga foi superior na série, na qual empatou 1-1 na final de ida há uma semana em Quito, porém teve que enfrentar a destreza e a coragem dos equatorianos, 
que nunca deram por vencidos mesmo carecendo de contundência no ataque.
Os dirigidos por Reinaldo Rueda, deram o segundo título da Libertadores ao 'Rei de Copas' da Colômbia depois do conquistado em 1989. O time fez história ao somar 33 pontos nesta edição impondo um novo récorde para o certame.
O triunfo do Atlético Nacional consolidou o domínio dos clubes colombianos no continente, pois se assoma o título do Independiente Santa Fe na Copa Sul-Americana 2015.
Ficha Técnica
Copa Libertadores 2016 – Final – Jogo de volta
Atlético Nacional (COL) – Independiente del Valle (EQU)  1 - 0  (1-0)
Estádio: Atanasio Girardot
Público: 47.000 espectadores
Clima: temperado Terreno: bom estado
Árbitro: Néstor Pitana. Linhas: Ezequiel Brailovsky e Ariel Scime. (trio da Argentina)
Gols:
 Atl. Nacional: Miguel Borja (8)
Admoestações:

Atl. Nacional: Alejandro Guerra (40), Miguel Borja (73), Ezequiel Rescaldani (90+2)
Independiente del Valle: Mario Rizotto (28), Junior Sornoza (43)

Formações:

Atlético Nacional: Franco Armani - Daniel Bocanegra, Dávinson Sánchez, Alexis Henríquez, Farid Díaz - Alexander Mejía, Alejandro Guerra (Diego Arias, 88), Macnelly Torres, Orlando Berrío, Marlos Moreno (Andrés Ibargüen, 76) - Miguel Borja (Ezequiel Rescaldani, 80). DT: Reinaldo Rueda.

Independiente del Valle: Librado Azcona - Christian Núñez, Arturo Mina, Luis Caicedo, Emiliano Tellechea (Miller Castillo, 78) - Jefferson Orejuela, Mario Rizotto, Julio Angulo (Jonathan González, 71), Junior Sornoza (Jonny Uchuari, 46), Bryan Cabezas - José Angulo. DT: Pablo Repetto.


AFP
CONMEBOL.com

A Federação Colombiana de Futebol estende com orgulho seus mais sinceros prabens  ao clube Atlético Nacional de Medelim pelo título da Copa Libertadores da América, obtido nesta quarta-feira dia 27 de julho, ao vencer Independiente del Valle do Equador por 1-0 no estádio Atanasio Girardot. 

 Depois de 27 anos daquela memorável gesta ante o clube Olimpia do Paraguai em Bogotá que representou o primeiro título para uma equipe colombiana na história deste certame, a torcida verdolaga voltou a celebrar uma nova proeza de sua instituição que deixou em alto o nome do futebol do nosso país a nivel internacional. 

 FCF felicita este talentoso grupo de jogadores, corpo técnico e diretivo que representaram com o coração toda uma nação durante estes seis meses de exigente competição, nos quais deixaram plasmado o sentido patrio, a entrega e ante tudo o profissionalismo de uma instituição seria e comprometida com o progresso do nosso futebol. 

 Novos desafios como o Mundial de Clubes da FIFA no Japão virão no caminho para o clube Atlético Nacional que graças a este novo êxito internacional continua magnificado a bonita história do futebol da Colômbia e do nosso continente .
Fonte: página web da FCF
Início

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"