Pular para o conteúdo principal

F1 : Hamilton vence GP da Hungria, passa Rosberg e lidera temporada pela 1ª vez

Mercedes driver Lewis Hamilton of Britain jumps off his car to celebrate after winning the Hungarian Formula One Grand Prix at the Hungaroring racetrack near Budapest, Hungary, Sunday, July 24, 2016.(AP Photo/Luca Bruno)
Enquanto a briga pela vitória em Budapeste ficou restrita aos pilotos da Mercedes, a luta pelo pódio teve um duelo RBR x Ferrari. Daniel Ricciardo conteve a aproximação do ex-companheiro Sebastian Vettel nas voltas finais e garantiu o terceiro lugar. Já a disputa pela quinta colocação entre Max Verstappen e Kimi Raikkonen saiu faísca. Melhor para o prodígio holandês, que segurou o "Homem de Gelo". 

O finlandês, no entanto, pode sair satisfeito com uma boa corrida de recuperação, após ter largado em 14º. Fernando Alonso (McLaren), Carlos Sainz (STR), Valtteri Bottas (Williams) e Nico Hulkenberg (Force India) completaram a zona de pontuação. Já os representantes brasileiros não têm motivos para ficarem felizes. Felipe Nasr foi o melhor deles. 

Com a limitada Sauber, o jovem brasiliense foi o 17º, após largar em 16º. Já Felipe Massa, depois da batida no treino classificatório, partiu em 18º e terminou na mesma posição. 

O veterano da Williams chegou a tentar uma estratégia de apenas um pit stop, mas não conseguiu se aproximar do top 10 e ainda precisou fazer uma segunda parada no fim.
Resultado de imagem para GLOBO ESPORTE.COM

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.