ZH

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...

/

ESPORTE PARA TODOS!

 

OUÇA - A VIDA DE WILSON SILVA

domingo, 31 de julho de 2016

F1 : Hamilton vence GP da Alemanha e abre vantagem sobre Rosberg no Mundial de pilotos

Hamilton vence GP da Alemanha e abre vantagem sobre Rosberg no Mundial de pilotos THOMAS KIENZLE/AFP

O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou o Grande Prêmio da Alemanha de Fórmula-1, cruzando a linha de chegada à frente dos dois carros da Red Bull, abrindo vantagem na liderança do Mundial de pilotos. Hamilton soma agora 19 pontos a mais que o companheiro de equipe, o alemão Nico Rosberg, dono do melhor tempo do treino classificatório de sábado, acabou errando na largada e terminando na 4ª colocação do GP disputado em sua casa, atrás também do australiano Daniel Ricciardo e do holandês Max Verstappen. L49ª vitória de Hamilton na F1, mas principalmente a 4ª seguida, após Spielberg, Silverstone e Budapeste. É a 6ª nas últimas sete corridas, se somados os GPs de Mônaco e Canadá, em junho. 

 Como na Hungria, a corrida foi novamente decidida na largada, quando Hamilton levou a melhor e ultrapassou o pole-position Rosberg, seguido das Red Bulls de Verstappen e Ricciardo, que também aproveitaram o erro do alemão da Mercedes. Estratégias diferentes modificaram um pouco a classificação em relação à primeira volta, mas Rosberg não foi capaz de superar a péssima largada. Para piorar, levou uma punição de cinco segundos por tentativa de ultrapassagem forçada sobre Verstappen, obrigando o jovem holandês a sair de pista para evitar uma colisão. 

 Já os brasileiros confirmaram a fase ruim que atravessam no campeonato. Felipe Massa, que largou da 10ª colocação com sua Williams, acabou prejudicado pela pancada que levou do americano Joylon Palmer na primeira volta e só aguentou até a 38ª volta, quando precisou abandonar com problemas no carro. Seu xará Felipe Nasr, da modestíssima Sauber, fez grande largada, quando ganhou cinco posições, mas não foi capaz de superar o péssimo rendimento de seu carro e também abandonou, a seis voltas para o fim da prova. 

 As duas Ferraris de Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen cruzaram a linha de chegada na 5ª e 6ª colocações respectivamente, sem nunca entrarem na briga pelo pódio, um resultado decepcionante para a escuderia italiana, que tentará aproveitar as três semanas de pausa no calendário da F1 para ajustar seus carros, antes do GP da Bélgica, em final de agosto.
Resultado de imagem para rbs  LOGO PNG