Pular para o conteúdo principal

Extra :Conheça os 10 jogadores mais gordos da história do futebol

O jornal "The Sun" publicou uma vez,  um ranking com os dez jogadores mais gordos do futebol. E o Brasil está muito bem representado. Ronaldo Fenômeno está no topo do ranking. 
Ele é o primeiro colocado entre os jogadores mais gordos. 

Mas Adriano também não fez feio e ficou bem posicionado ao conquistar a oitava posição. Resta saber se os dois estão felizes com a conquista. Confira abaixo a lista: 
 10 - Mark Bosnich - O goleiro australiano jogou por grandes times, incluindo Chelsea e Manchester United. Além de problemas com drogas, o jogador teve problemas com a balança. 
 9 - Mido - O egípcio jogou em mais de dez times diferentes e aproveitou para experimentar as comidas típicas de cada região onde trabalhou. Mark Bosnich e o egípcio Mildo Mark Bosnich e o egípcio Mildo Foto: Reprodução 
8 - Adriano - O Imperador já é velho conhecido da torcida brasileira. Atualmente, está no Corinthians, mas não joga. Se recupera de lesões e tenta voltar à boa forma do início de carreira. 
 7 - Benni MacCarthy - “McCarthy está quase tão gordo quanto eu”. Essa frase foi pronunciada por David Sullivan, dono do West Ham, time em que o atacante sul-africano jogava até abril deste ano. O chefão ainda fez questão de destacar que tinha 61 anos e ainda tentava manter a forma com aeróbica. O corinthiano Adriano e Benni McCarthy O corinthiano Adriano e Benni McCarthy 
6 - Neville Southall - Ele foi um dos maiores ídolos da história do clube inglês Everton. No final da carreira, o goleiro começou a fazer justiça ao apelido “Big Nev”. 
 5 -Paul Gascoigne - O inglês nunca foi de fugir dos holofotes, enquanto jogava futebol. E, pelo visto, não se esforçava para escapar das tortas, cerveja e afins. Neville Southall, o Neville Southall, o "Big Nev", e Paul Gascoigne Foto: Reprodução 
4 - Neil Ruddock - Conhecido como “Navalha”, o zagueiro do Liverpool e Tottenham Hotspur poderia ter tentado cortar também algumas milhares de calorias da dieta. 
 3 - Willie 'Fatty' Foulke - O ex-goleiro inglês jogou pelo Chelsea, Sheffield United e Bradford City entre o final do século 19 e início do século 20. Segundo reportagens da época, ele chegou a pesar 150 Kg no final da carreira. "Navalha" e o goleiro Willie 'Fatty' Foulke Foto: Reprodução 
2 - Maradona - Além de usar a “mão de Deus” para mandar a bola pra dentro do gol, o argentino parece ter aproveitado a oportunidade para arrecadar a maior quantidade possível de comida. 
 1 - Ronaldo - Dispensa apresentações. Além de ter apresentado um futebol “fenomenal” ao longo da carreira, o brasileiro mostrou também uma pança de respeito nos últimos anos no gramado. Mas desde que se aposentou, em fevereiro deste ano, Ronaldo relaxou e mostrou não se incomodar com a barriguinha que cultivada. 
Resultado de imagem para site extra noticias  logo png

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.