Pular para o conteúdo principal

Bruno Henrique: gols e desarmes em alta

Dono da distinta camisa 25, o volante do Corinthians Bruno Henrique tem se destacado no Brasileirão por suas atuações, tanto na defesa, quanto no ataque. Com a função de proteger a zaga e dar a saída de jogo, o atleta também tem encontrado espaço para contribuir com o Timão por meio de bolas na rede. 

Ao todo, Bruno já marcou quatro gols, mesmo número de seus companheiros de equipe, Romero e Marquinhos Gabriel, que jogam em posições mais avançadas. O tento mais recente de Bruno Henrique aconteceu na 15ª rodada, quando foi responsável pelo empate em 1 a 1 contra o rival paulista, São Paulo. 

Na mesma partida, o volante atingiu a marca de 60 desarmes no campeonato, assumindo a liderança nas estatísticas de bolas roubadas no Brasileirão. Em grande fase, Bruno entra em campo com o Corinthians na próxima rodada contra o Figueirense. 

Diante da torcida na Arena Corinthians, o confronto acontece no sábado (23), às 16h. O Timão soma 29 pontos e ocupa a vice-liderança da competição. 

  Fonte: Site oficial do Corinthians
Publicado por CBF

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

O time do Alto da Bica - A foto que virou saudade

O time do Alto da Bica surgiu, consultando minha memória, ali pelos anos 90 e pouco, coincidindo com o início da era Parmalat. Isso talvez explique os meninos - que acompanham os craques - tão bem vestidos. A sede fica na margem da rodovia Cianorte – São Tomé, logo após o ribeirão São Tomé, num trecho conhecido como Bica, por isso o nome: Alto da Bica.

Frequentado por cianortenses ilustres congrega em sua maioria os palmeirenses - também consultando minha memória, e o Avanti -. Nesta foto, em 98, vemos o elenco pronto para mais uma vitória; vou fazer a escalação e pedir mil perdões se errar o nome de alguém, pois embora conhecendo pela fisionomia posso me confundir na denominação. De pé, da esquerda para a direita: Miguel Deneka, Flávio Vieira, Cometa, Gaúcho, Jácomo e Zezé; agachados, na mesma ordem: Antônio Rogério, Maurício, Nilo, Deíca e Spagola...

Por Marco Antônio de Paula Franco