Pular para o conteúdo principal

Atlético-PR vence o América-MG e sobe na tabela

Resultado de imagem para atletico paranaense

Precisando da vitória para tentar se livrar da lanterna do Campeonato Brasileiro, o América-MG sofreu mais uma derrota neste sábado (2). Pela 13ª rodada da Série A, o Coelho visitou o Atlético-PR na Arena da Baixada e perdeu por 1 a 0. Com o resultado, o Furacão subiu para a sexta posição e começa a ver o G-4 cada vez mais perto. Jogando em casa, o Atlético-PR foi superior diante do América-MG e criou as melhores oportunidades da partida. 

Na melhor chance do primeiro tempo, Vinícius cabeceou bem, e a bola passou muito perto da trave mineira. Bem posicionado, o Coelho pouco criou, mas foi bem na marcação. O Furacão conseguiu o gol da vitória no segundo tempo. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Nikão, que pegou de primeira e bateu de longe: 1 a 0. 

 Foi a nona derrota do América, que tem apenas duas vitórias e dois empates. Com oito pontos, o time mineiro segue na última posição do Campeonato Brasileiro. O Atlético-PR, com 20, subiu para o sexto lugar.

CBF

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.