Pular para o conteúdo principal

Amadorzão : Cianortinho vence Rondon 3X0

 Numa partida impecável a Associação Atlética Cianortinho venceu a equipe de Rondon pelo placar de 3X0 jogando na casa do adversário. 
A equipe do Cianortinho dominou o jogo todo, tomando a iniciativa e criando várias oportunidades de gol no primeiro tempo que não foram concluídas. 

No segundo tempo a equipe foi pra cima e abriu o Placar com o atacante Wesley Ferreira, que tava numa tarde inspirada dando muito trabalho pra equipe da casa. Logo em seguida Wesley escapou pela esquerda invadiu a área e bateu pro gol, goleiro do Rondon praticou boa defesa, mas deu rebote, centroavante Gustavo Cabral empurrou pro funda da rede. 

Logo em seguida entrou em campo o atacante Jonas Jhonas Rodriguinho Hayanne Kelly que recebeu belo passe do meia Ailton, foi pra cima e sofreu o Pênalti, convertido pelo próprio Jhonas. 

Agora a equipe joga dia 31/07 no jogo da volta e precisa de um empate prá avançar às quartas de final. Equipe do Cianortinho jogou com: Boy, Marquinhos, Pomarola, Betão(estreiante do dia) edson, Alemão, Ailton, Lucas, banido, Wesley e Cabral. Ainda entraram bem: Fredi, Porquinho, Felipinho e Luizão. Ainda estavam disponível Edinho, Maicon, Felipao e Dado. 

Agora , o grande objetivo da equipe cianortense é buscar a classificação. 

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.