Pular para o conteúdo principal

Africano estudante em Cianorte é nascido no mesmo país do marcador do gol que deu o título da Euro à Portugal

Aplaudido por Cristiano Ronaldo, Éder ergue o troféu conquistado na final contra a França
Bertil Pereira deixou seu país no continente africano para trabalhar na evangelização nas aldeias indígenas brasileiras , de aspecto extrovertido e jovial , conheci Bertil num culto da Igreja Presbiteriana do Brasil em Cianorte PR quando dirigiu um culto com muita competência e maestria, Bertil veio estudar no Seminário Presbiteriano Renovado de Cianorte, também conhecido pela sigla SPRC, um seminário evangélico presbiteriano situado na minha  cidade   -  Cianorte, Paraná. A instituição de ensino superior é destinada à formação de pastores e pertencente a Igreja Presbiteriana Renovada do Brasil . 

Fiquei sabendo após coversar com Bertil que o mesmo morara algum tempo em Portugal , Bertil falou me que gosta de futebol e que em Portugal é torcedor do Sporting Lisboa. Bertil nasceu na Guiné Bissau , mesmo país em que nasceu Éder jogador que marcou o gol que deu o título de Campeão da Eurocopa 2016 à seleção portuguesa.

O título europeu de Portugal foi de muitos heróis. Foi a taça de Cristiano Ronaldo, que tanto se dedicou para erguer um troféu por sua seleção. Foi do zagueiro Pepe, que fez um torneio (e uma temporada) irrepreensível. Do goleiro Rui Patrício, que fez defesas importantes na final contra a França. E do atacante Éder, o autor do gol do título que deu a Portugal o inédito troféu. 

 A história de Éder é digna de um filme. Nascido em Guiné-Bissau, na África, o atacante do Lille imigrou para Portugal ainda na infância, mas seu drama estava apenas começando.Em terras portuguesas, Éderzito, como foi batizado teve que se separar dos pais, que não tinham condições de criá-lo. Foi levado para um orfanato nos arredores de Coimbra onde cresceu e começou a jogar futebol. Do orfanato, onde quebrou algumas vidraças durante as brincadeiras com a bola, foi levado por um professor para fazer um teste na Adémia, clube amador da cidade. Lá deu seus primeiros passos no futebol. Defendeu o clube de 1999 a 2006, dos 11 aos 18 anos.Éder como Bertil nasceram  , no mesmo país - a República da Guiné-Bissau, um país da África Ocidental que faz fronteira com o Senegal e Oceano Atlântico . O território guineense abrange 36.125 quilômetros quadrados de área, com uma população estimada de 1,6 milhão de pessoas. Guiné-Bissau fazia parte do Reino de Gabu, bem como parte do Império Mali. Partes deste reino persistiram até o século XVIII, enquanto algumas outras estavam sob domínio do Império Português desde o século XVI. No século XIX, a região foi colonizada e passou a ser referida Guiné Portuguesa. 

Após a independência, declarada em 1973 e reconhecida em 1974, o nome de sua capital, Bissau, foi adicionada ao nome do país para evitar confusão com a Guiné (a antiga Guiné Francesa). Foi a primeira colônia portuguesa no continente africano a ter a independência reconhecida por Portugal.

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.