ZH

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...

/

ESPORTE PARA TODOS!

 

OUÇA - A VIDA DE WILSON SILVA

quarta-feira, 27 de julho de 2016

7X1 "passou uma borracha" no Maracanazo "?" "?" "?"


 A dialética assevera que sempre há dualidade quando queremos comparar o incompáravel , pois na verdade a humilhação sofrida pelo futebol brasileiro no dia 8 de julho de 2014 no Mineirão em jogo válido por uma das semi finais da Copa Fifa 2014 , quando a Seleção nacional perdeu para a Alemanha pelo placar de 7x1 , nos fez de certo modo esquecer do maracanazo de 1950 , pois é sempre bom deixar claro que a derrota do Brasil para o Uruguai por 2x1 que configurou  se no segundo título mundial ao Uruguai , campeão em 1930 não foi vexatória como a derrota para os alemães no Mundial de 2014.


Ficha técnica Brasil 1x7 Alemanha
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
 Data: 8 de julho de 2014, terça-feira Horário: 17h (de Brasília) 
Árbitro: Marco Rodríguez (MEX) Assistentes: Marvin Torrentera (MEX) e Marcos Quintero (MEX) Cartão amarelo: Dante (Brasil)
 Gols: BRASIL: Oscar, aos 44 minutos do segundo tempo
 ALEMANHA: Muller, aos dez, Klose, aos 22, Kroos, aos 23 e aos 25, e Khedira, aos 28 minutos do primeiro tempo; Schurrle, aos 23 e aos 33 minutos do segundo tempo

 BRASIL: Júlio César; Maicon, David Luiz, Dante e Marcelo; Luiz Gustavo e Fernandinho (Paulinho); Bernard, Oscar e Hulk (Ramires); Fred (Willian) Técnico: Luiz Felipe Scolari 

ALEMANHA: Neuer; Lahm, Boateng, Hummels (Mertesacker) e Howedes; Schweinsteiger e Khedira (Draxler); Muller, Kroos e Ozil; Klose (Schurrle) Técnico: Joachim Low

Ficha técnica  Brasil 1 x 2 Uruguai - 16 de julho de 1950
 Local: Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro, RJ, Brasil Arbitro: George Reader (Inglaterra)
Público: 173.850 (oficial). Mais de 200.000 (estimativa).

Brasil: Barbosa; Augusto e Juvenal; Bauer, Danilo e Bigode; Friaça, Zizinho, Ademir de Menezes, Jair e Chico. Técnico: Flávio Costa.

Uruguai: Máspoli; Matías Gonzalez e Tejera; Gambetta, Obdulio Varela e Rodríguez Andrade; Ghiggia, Julio Perez, Miguez, Schiaffino e Morán. Técnico: Juan Lopez.

Gols: Friaça (2 minutos do segundo tempo); Schiaffino (21 minutos do segundo tempo) e Ghiggia (34 mintuos do segundo tempo).

Por Magno Moreira em 27/07/2016 as 12:38h