Pular para o conteúdo principal

7X1 "passou uma borracha" no Maracanazo "?" "?" "?"


 A dialética assevera que sempre há dualidade quando queremos comparar o incompáravel , pois na verdade a humilhação sofrida pelo futebol brasileiro no dia 8 de julho de 2014 no Mineirão em jogo válido por uma das semi finais da Copa Fifa 2014 , quando a Seleção nacional perdeu para a Alemanha pelo placar de 7x1 , nos fez de certo modo esquecer do maracanazo de 1950 , pois é sempre bom deixar claro que a derrota do Brasil para o Uruguai por 2x1 que configurou  se no segundo título mundial ao Uruguai , campeão em 1930 não foi vexatória como a derrota para os alemães no Mundial de 2014.


Ficha técnica Brasil 1x7 Alemanha
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
 Data: 8 de julho de 2014, terça-feira Horário: 17h (de Brasília) 
Árbitro: Marco Rodríguez (MEX) Assistentes: Marvin Torrentera (MEX) e Marcos Quintero (MEX) Cartão amarelo: Dante (Brasil)
 Gols: BRASIL: Oscar, aos 44 minutos do segundo tempo
 ALEMANHA: Muller, aos dez, Klose, aos 22, Kroos, aos 23 e aos 25, e Khedira, aos 28 minutos do primeiro tempo; Schurrle, aos 23 e aos 33 minutos do segundo tempo

 BRASIL: Júlio César; Maicon, David Luiz, Dante e Marcelo; Luiz Gustavo e Fernandinho (Paulinho); Bernard, Oscar e Hulk (Ramires); Fred (Willian) Técnico: Luiz Felipe Scolari 

ALEMANHA: Neuer; Lahm, Boateng, Hummels (Mertesacker) e Howedes; Schweinsteiger e Khedira (Draxler); Muller, Kroos e Ozil; Klose (Schurrle) Técnico: Joachim Low

Ficha técnica  Brasil 1 x 2 Uruguai - 16 de julho de 1950
 Local: Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro, RJ, Brasil Arbitro: George Reader (Inglaterra)
Público: 173.850 (oficial). Mais de 200.000 (estimativa).

Brasil: Barbosa; Augusto e Juvenal; Bauer, Danilo e Bigode; Friaça, Zizinho, Ademir de Menezes, Jair e Chico. Técnico: Flávio Costa.

Uruguai: Máspoli; Matías Gonzalez e Tejera; Gambetta, Obdulio Varela e Rodríguez Andrade; Ghiggia, Julio Perez, Miguez, Schiaffino e Morán. Técnico: Juan Lopez.

Gols: Friaça (2 minutos do segundo tempo); Schiaffino (21 minutos do segundo tempo) e Ghiggia (34 mintuos do segundo tempo).

Por Magno Moreira em 27/07/2016 as 12:38h

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol e a salsicha

Dia destes numa fila qualquer ouví um dizer: "Perdí as esperanças no futebol depois da final da Copa da França em 1998. 
 Logo pensei : 

" Se Imaginássemos como são feitos o futebol e a salsicha jamais consumiriamos essas "guloseimas"

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

07/08/2016 22:05 A seleção brasileira masculina de hóquei sobre grama disputou o seu segundo compromisso no torneio dos Jogos Olímpicos Rio 2016 neste domingo, 8 de agosto, no Centro Olímpico de Hóquei, no Complexo de Deodoro. Ao enfrentar a forte Bélgica, a seleção brasileira foi derrotada pelo placar de 12 a 0. O Brasil passou a somar duas derrotas em duas partidas, já que perdeu na estreia para a Espanha por 5 a 0. Na próxima rodada, terça-feira, 9 de agosto, os brasileiros voltam a campo para encarar a Grã-Bretanha. Encarando um time muito competitivo, os atletas brasileiros conseguiram manter o jogo equilibrado até o fim do primeiro quarto – de um total de quatro quartos, de 15 minutos cada –, quando a Bélgica marcou seus dois primeiros gols. A partir daí, a equipe brasileira sucumbiu à superioridade belga, ameaçando o gol adversário apenas em lances esporádicos. Com o domínio absoluto da partida, a Bélgica foi ampliando até chegar ao placar final de 12 a 0. "Pela primeira vez …

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)