ZH

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...

/

ESPORTE PARA TODOS!

 

OUÇA - A VIDA DE WILSON SILVA

quinta-feira, 23 de junho de 2016

VIDEO :Há 40 anos, Roberto Batata morria durante campanha da Copa Libertadores de 1976

VIDEO :
Treze de maio é um dia triste na história do Cruzeiro. Exatamente nesta data, em 1976, o clube celeste perdeu seu atacante titular de forma trágica. Roberto Batata viajava de carro pela rodovia Fernão Dias, para visitar a família em Três Corações. No quilômetro 182, ele sofreu um acidente fatal. 

A morte do jogador de 27 anos durante a disputa da Copa Libertadores da América comoveu os torcedores do Cruzeiro, que superlotaram o cortejo fúnebre do atleta. No jogo seguinte, contra o Alianza Lima, do Peru, no Mineirão, os companheiros homenagearam o ex-colega. Uma camisa com o número 7, tradicionalmente utilizado pelo jogador, foi estendida ao lado do campo. 

O pistonista da banda da Polícia Militar tocou “Silêncio”. O Cruzeiro acabou vencendo a partida por 7 a 1, com quatro gols de Jairzinho e três de Palhinha. O placar soou como a maior homenagem do time ao ex-companheiro da camisa 7. Depois daquele jogo, o Cruzeiro superou a LDU do Equador e o River Plate, da Argentina, para levantar o troféu da Copa Libertadores pela primeira vez na sua história. 

 Roberto Batata marcou 111 gols com a camisa do Cruzeiro e é o 11º maior artilheiro da história do clube. Tags: homenagem alianza história batata roberto cruzeiro libertadores 7 a 1 Goulart e Ribeiro são preferidos da torcida do Cruzeiro no exterior; ex-rival tem maior rejeição 

(por Superesportes - Notícias do esporte no Brasil e no mundo)