Pular para o conteúdo principal

Veja quem pode ganhar espaço com Tite na Seleção


Tite é o novo técnico da seleção brasileira. Como sempre acontece quando há mudanças no comando da equipe do Brasil, alguns jogadores devem ganhar espaço, enquanto outros deixarão de vestir a amarelinha. O primeiro compromisso do ex-comandante do Corinthians será contra o Equador, em Quito, no dia 2 de setembro, em duelo válido pelas Eliminatórias para a Copa de 2018. Embora ainda faltem mais de dois meses para o duelo, já é possível especular algumas possíveis novidades de Tite. 

Os zagueiros David Luiz e Thiago Silva e o lateral Marcelo são alguns nomes de peso que devem estar contentes com a mudança de comando. Os três chegaram a ser convocados por Dunga, mas acabaram perdendo espaço por causa de atuações ruins. Atletas consagrados na Europa – Thiago e David fazem a dupla de zaga titular do Paris Saint-Germain, enquanto Marcelo acaba de vencer a Liga dos Campeões com o Real Madrid –, os três esperam novas oportunidades com Tite. 

 Quem também deve ter esperanças de ser convocado para a Seleção são alguns atletas que trabalharam com Tite no Corinthians. O próprio treinador chegou a dizer que o lateral-direito Fagner merecia vestir a Amarelinha. O zagueiro Felipe, que acaba de se transferir para o Porto, deixou de ser uma promessa para se firmar como titular absoluto do Timão nas mãos de Tite. E há o caso do goleiro Cássio. Até maio deste ano, o goleiro era titular absoluto no Corinthians e valorizado em todo o país. Teoricamente, seria um nome de confiança de Tite. 

No entanto, o camisa 12 do Timão foi barrado há menos de um mês, dando posição a Walter. Atualmente, não há unanimidade na meta da Seleção e o novo treinador não encontraria resistência para nomear um novo goleiro titular. Cássio deveria estar na parada, mas agora se torna mais difícil chamar alguém que não é titular do seu próprio clube. Ex-corintianos também devem estar esperançosos com Tite no comando da Seleção. Dois deles são o volante Paulinho e o meia Jadson. 


O primeiro era figura carimbada no Brasil até a Copa de 2014. Após o vexame e com a chegada de Dunga, ele perdeu espaço. Jadson foi um dos principais nomes da conquista do Brasileirão do ano passado pelo Timão. O que pesa contra ambos? Estão atuando no futebol chinês. 

Com Dunga, isso não era problema, já que os também ex-alvinegros Gil e Renato Augusto foram convocados e inclusive participaram da vexatória campanha na Copa América. Outro jogador que tem tudo para estar confiante em ser convocado é o jovem Gabriel Jesus, do Palmeiras. Após a vitória do Verdão por 1 a 0 no duelo que seria o último de Tite à frente do Corinthians, o treinador encheu a bola do atacante de 19 anos. “Excelente jogador”, afirmou o técnico em entrevista coletiva.
Resultado de imagem para band

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.